Projeto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1793 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 3
2. DESCRIÇÃO DO ASSUNTO 4
3. APRECIAÇÃO CRITICA 5
4. CONSIDERAÇÕES FINAIS 5
5. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS 6






















1. INTRODUÇÃO



2. CONTEXTUALIZAÇÃO


Podemos observar que ao mudar as estruturas, temos que modificarmos as pessoas e assim acaba tornando-se uma grande responsabilidade para líderes que procuramcompreender e que possam se adaptar às circunstâncias modificadas e que as mesmas estejam afinados com as pessoas em sua volta, tornando assim um trabalho mais eficaz. A Unidade de Atendimento do Programa Bolsa Família é uma instituição pública municipal que atende pessoas beneficiadas pelo programa. A direção é composta por 9 pessoas: um gestor: que coordena o programa no município; três pessoas noatendimento ao público; uma pessoa operadora máster da frequência escolar das escolas da rede pública; uma pessoa como operador do SISVAN (Sistema de Vigilância Nutricional) que trabalha junto com PSF (Posto de Saúde da Família); uma recepcionista; um motorista e uma pessoa responsável pela limpeza do ambiente.
Todas as atividades são divididas conforme a disponibilidade e habilidade de cadacolaborador, onde ambos interagem entre si.

















2.1 HISTÓRICO


O Cadastro Único é o maior banco de dados para programas sociais nas três esferas governamentais, cabendo aos municípios a tarefa maior de mantê-lo atualizado com informações fidedignas. Em Jaguaruana, esse trabalho começou em 2001, quando do cadastramento dos alunos para o programa Bolsa Escola nasdependências da Escola Gerardo Correia Lima, sob a supervisão do professor Karol Ribeiro. Em 2003, o cadastramento das famílias para o programa Fome Zero foi efetuado nas dependências do Portal da Alvorada, situado na praça da matriz, com o mesmo supervisor, tendo na coordenação do programa o agente local de segurança alimentar, Sr. Paulo Cézar. Com a migração dos diversos programas para o programa BolsaFamília o atendimento passou a ser efetuado na Unidade de Serviço ao Cidadão, situado à Av. Simão de Góis, 960 – Centro, sob a coordenação do Sr. Henrique Regis. Em 2007 com o crescimento do número de famílias atendidas pelo programa (são mais de 7.200 famílias cadastradas, sendo que mais de 5.000 recebendo algum benefício básico e/ou variável) a Prefeitura Municipal de Jaguaruana designou o Sr.Paulo Cezar para gestor do programa e passou o atendimento para a Unidade de Atendimento do Programa Bolsa Família, situado à Av. Simão de Góis, 1094, onde divide suas atividades com o Conselho Tutelar Municipal.

2.2 NATUREZA DA INSTITUIÇÃO


• Pública Municipal

2.3 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL


ORGANOGRAMA




























2.4 MISSÃO, VISÃO,VALORES E OBJETIVO


2.4.1 MISSÃO


• Prestar um bom atendimento aos beneficiários, deixando clareza em todas as informações sobre o programa para que fiquem satisfeitos e tenham o prazer de retornar a instituição devido a qualidade mostrada em relação ao atendimento e principalmente a preocupação da resolução de possíveis conflitos que poderão vir a surgir.

2.4.2 VISÃO


• Fazer edesenvolver as informações de fácil compreensão e transparência de forma progressiva e firmar a instituição de alta complexidade.


2.4.3 VALORES

• Confiabilidade
• Transparência
• Profissionalismo
• Credibilidade
• Ética


2.4.4 OBJETIVO

Tem como objetivo atender os beneficiários do programa do município de Jaguaruana.

3 CARACTERÍSTICAS DO DEPARTAMENTO DE RH

3.1 COMO ESTÁORGANIZADO O SETOR DE RH?

O setor de RH está instalado na Secretaria de Ação Social que conta com dois profissionais trabalhando, um Agente Administrativo e uma Diretora de RH. O setor possui um banco de dados e arquivos de todas as documentações dos funcionários e cópias de contratos e rescisões.

3.2 PRINCIPAIS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO SETOR DE RH

• Análise de contratação de...
tracking img