Projeto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1958 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FABIANO CARDOSO DA SILVA



















PROJETO I – CENÁRIOS ECONÔMICOS































CENTR UNIVERCITARIO NOVE DE JULHO
SÃO PAULO – 2007



FABIANO CARDOSO DA SILVA





















PROJETO I – CENÁRIOS ECONÔMICOS




























CENTR UNIVERCITARIO NOVEDE JULHO
SÃO PAULO – 2007

FABIANO CARDOSO DA SILVA

























PROJETO I – CENARIOS ECONOMICOS


























CENTRO UNIVERSITARIO NOVE DE JULHO
SÃO PAULO- 2007
SUMÁRIO



1. RAMO DE ATIVIDADE
2. TRANSPORTE INTERMUNICIPAL
3. INFLUENCIA DO INVSTIMENTO PRIVADO
2.1 -- Poupança nacional
2.1.1 –Investimento
2.1.2 – Equilíbrio
2.1.3 – Multiplicador de investimentos


2.2 - INFLUÊNCIA DO GASTO PUBLICO E GASTOS DO GOVERNO
2.2.1 – Clima de confiança dos empresários
2.2.2 – Clima de confiança dos clientes
2.2.3 – Previsão do produto nacional bruto (p.n.b)
2.2.4 – Previsão do produto nacional liquido (p.n.l)
2.2.5 – Previsão do produto interno bruto (p.i.b)total
2.2.6 – Balanço de pagamentos


2.3 – POLITICA CAMBIAL


2.3.1 – Influencia do custo de equipamentos, matérias, bens e serviços
2.3 .2 – Influencia do preço de venda
2.3.3 – Influencia do custo de financiamento


2.4 – TAXA DE JUROS


2.4.1 – Influenci ano custo de financiamento da empresa


2.5 – INFLAÇAO


2.5.1 – Influencia no preço de vendasdos produtos
2.5.2 – Impacto no volume das vendas























1



Ramo de atividade Transporte Interestadual no Brasil





1. fatores que influenciam o cenário econômico brasileiro; O objetivo principal deste trabalho é analisar, através da teoria fundamentalista, os cenários macroeconômicosbrasileiros e os impactos que conciliem os fatores exógenos e endógenos do risco Brasil, demonstrando o amadurecimento da visão fundamentalista no Brasil. Os cenários macroeconômicos serão essenciais na análise fundamentalista. A cristalização do risco Brasil é o capítulo que determinará, através das composições de risco e dos dados econômicos brasileiros, a melhor expectativa que os investidoresfinanceiros poderiam obter do país.

2. Influencia do Investimento Privado;

2.1) Poupança Nacional ; E a parcela da renda nacional (RN) que não e consumida no período, isso é S=RN-C. em que C e o consumo agregado, ou seja de toda renda recebida pelas famílias, na forma de salários, juros, alugueis e lucros, a parcela que não for gasta num dado período e a poupança, não importando o que será feitoposteriormente com ela.

2.1.1) Investimentos; E o gato com bens que não foram produzido, mas não foram consumidos no período, e que aumentam a capacidade produtiva da economia nos períodos seguintes. O o investimento também e chamado de taxa de acumulação de capital e e composta pelo investimento de bens e capital (maquinas e imóveis) e pela variação do estoque de produtos que não foramconsumidos . Os bens de capital são chamados nas contas nacionais de formação bruta de capital



2.1.2) Equilíbrio; O preço na economia de mercado o é determinado tanto pela oferta quanto pela demanda. Quando existir excesso de demanda surgirão pressões para que os preços subam:

I Excesso de demanda;



2

a) Os compradores, incapazes de comprar tudo o que desejam os preçosexistentes, dispões-se a pagar mais.

b) Os vendedores vêem a escassez e percebem que podem elevar os preços sem queda em suas vendas.

II Excesso de oferta;


a) os vendedores percebem que não podem vender tudo o que desejam, seus estoque aumentam e, assim passam a oferecer a preços menores; e
b) Os compradores notam a fartura e passam a regatear no preço.

2.1.3 Multiplicador de...
tracking img