Projeto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1194 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
etoDesta vez convido um quase formado Antropólogo Cultural do ISCSP, João Marques, para expor a sua opinião sobre a religião e as formas que esta assume na sociedade. Como tal também será da sua e da minha responsabilidade responder às perguntas deste mesmo post. Agradeço desde já ao João a disponibilidade e tempo gasto neste documento. Daniel Silvestre

“A religião tem acompanhado o ser humanodesde os seus primórdios, servindo como uma ponte de compreensão para diversos factos supostamente incompreensiveís. Muita tinta já corre devido a ela e crentes e descrentes debatem-se entre o acreditar e o não acreditar, o respeitar e o não respeitar. No entanto a religião não cumpre apenas um papel de oferecer conforto espiritual para aqueles que dela necessitam, dentro da estrutura social areligião assume um papel completamente diferente daquele que se mostra perante o ser humano pelo que é preciso distinguir a religião como instituição social tal como a economia, a politíca ou o parentesco, fazendo parte de toda a estrutura social geral e sendo algo primordial, e as crenças religiosas que são partes integrantes da sociedade e tambem alvo da escolha de cada um.

A religião, noprimeiro sentido referido, reveste-se de várias formas, as quais aqui são denominadas de crenças religiosas, desde o animismo, passando pelo totemismo até ao panteísmo por exemplo, três de entre as várias máscaras que pode assumir, mas o seu papel primordial é o de manuntenção da coesão social, ao reunir em torno de si vários indivíduos é algo capaz de criar um sentimento de união, mas acima de tudo,pelo seu carácter ser considerado divino e superior ao ser humano, é capaz de impôr regras, no entanto essas não passam de maneiras de manter a estrutura social saudável face às constantes mudanças que sofre, pois não é de todo estática. Imagine-se um grupo onde o incesto é proibido por uma qualquer crença religiososa, essa proibição pode ser vista como uma ordem de um “deus” quando na realidade éum mecanismo eficaz de evitar a mistura genética e de manter imperativos biológicos e ainda de formar alianças com outros grupos estrangeiros garantindo, por exemplo, protecção, no entanto esta função oculta, é extremamente importante pois pode ao garantir a sua sobrevivência, não se revela imediatamente aos constituintes desse grupo.

Muitas vezes a religião parece fundir-se com as própriasestruturas políticas e sociais de um grupo ou nação estabelecendo as suas regras, é o caso da Índia onde a organização social, o sistema de castas, é regido pelas leis do hinduísmo, sendo este que dá as bases para o funcionamento da organização social e, em última instância, da organização política que depende da primeira.

A religião neste prisma é de extrema importância, ainda que os seuspredicados possam ser injustos, para o mundo Ocidental o tratamento das mulheres pelo islão é repreensível mas é uma das bases da sua organização social, é a diferença entre a ordem e o caos, entre uma estrutura social saudável ou uma outra perene.

As crenças religiosas são as máscaras que a instituição religião pode assumir, sendo essas máscaras inúmeras, não se limitando apenas ao cristianismo ouislamismo por exemplo, a crença religiosa pode ser um qualquer tipo de totemismo ou animismo, entre muitas outras formas possíveis de se observar. A manipulação que se faz da religião ocorre a este nível, ou seja, são as crenças religiosas que são manipuladas e não a instituição religião, esta é algo que funciona ao nível da estrutura social ajudando na sua regulação, no entanto, para que possaalcançar todos os membros dessa estrutura tem de assumir uma forma determinada e alcançável por esses mesmos membros, tornando-se assim uma instituição mundana, no sentido de terrena, porque actua ao nível dos indivíduos, que transmite preceitos divinos, pois a sua mensagem é uma mensagem “divina”.

Sem estas máscaras a religião seria, aos olhos de todos, vazia e desprovida de sentido, ainda que...
tracking img