Projeto shantala

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4923 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Projeto Massagem Terapêutica Shantala para crianças





[pic]







Responsável pela execução: Dinorah Teixeira Ornellas de Souza







2013
Santa Maria - DF
[pic]



“Transformadas estão as mãos, hábeis, inteligentes.

Delicadas e sensíveis.

Animadas por um ritmo tão prudente quanto inevitável.

A massagem fez-se dança. (...)

Sim, longe de sersimplesmente um dos cuidados que

dedicamos ao bebê, esta massagem é uma arte.

E essa arte é assim.

Você pode ir a Calcutá, onde o acaso pôs Shantala em meu caminho.

Mas será uma longa viagem”.

(LEBYER, 1995)


Sumário

1. Apresentação do Projeto 1
2.Referencial Teórico 4
2.1 5
2.2 5
2.3 5
2.4 5
2.5 5
2.6 5
3.Objeto de Estudo 4
4.Objetivos 4
4.1 Objetivo Geral 54.1 Objetivos Específicos 5
5. Justificativa 4
6. Metodologia 4
7. Metas 4
7.1 Curto Prazo 5
7.2 Médio Prazo 5
7.3 Longo Prazo 5
8. Resultados a serem alcançados 4
9. Recursos Materiais 4
10. Considerações Finais 4
Referências Bibliográficas 4
Anexos 4





1. Apresentação do Projeto


Esse Projeto visa implantação da massagem terapêutica Shantala para alunos doInstituto Social Irmãs de Maria durante seu horário de aulas.


A Shantala é uma massagem de origem indiana própria para bebês e foi trazida para o ocidente pelo médico francês Frederick Leboyer. Ela relaxa, acalma, combate a insônia e alivia as cólicas e pressões de ventre e faz com que o bebê tenha lembranças dos movimentos intra-uterinos, quando o líquido amniótico que a envolviaenquanto feto, o massageava com pequenas contrações. O objetivo maior dessa técnica milenar é ampliar os momentos de contato com a criança e fortalecer os vínculos afetivos, trabalhando a integração, troca de afeto e despertar a confiança.


De acordo com McCLURE, 1997, desde que o bebê nasce torna-se importante o toque para estimular seu desenvolvimento para toda uma vida. A carga emocional ea estimulação através do tato de uma forma adequada juntamente com a afetividade criada, fazem com que o relacionamento social deste bebê se solidifique. O contato além de ser um sinal de afeto e de intimidade, é também um meio de tranqüilizar e estimular o indivíduo em todos os aspectos.


Esse projeto objetiva ampliar as ações junto ao Instituto Social Irmãs de Maria tornado umambiente estimulante e criativo com intuito em promover o desenvolvimento pleno da criança em seus aspectos orgânicos, motores, afetivos, lingüísticos e sociais.








2. Referencial Teórico


“Toda criança tem direito á vida, á saúde, á alimentação, á educação, ao lazer, á cultura, á dignidade, ao respeito,
á liberdade e a convivência familiar e comunitária”
Art. 4ECA- Estatuto da Criança e do Adolescente


Segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS “Saúde não é apenas ausência de doença, mas o total bem estar físico, mental e emocional.


A massagem nasceu do conceito de contato físico e existe a vários milênios, sendo impossível precisar onde e como surgiu essa forma de terapia, já que as referencias são originarias de diversasculturas. No Egito Antigo, os sacerdotes recebiam massagem após o banho com aplicação de óleos aromáticos. Na China tem-se uma obra de dez volumes escrita por volta de 150 a.C. Na antiguidade grega e romana utilizavam-se da massagem para fins de relaxamento e prevenção de doenças. A massagem ressurgiu no ocidente no século XIX, após ter sido banida por influência dos dogmas religiosos, quando os médicosfranceses e holandeses passaram a relatar a cura de diversos casos de dor lombar. (JRS – 1999).


Massagem não é privilegio apenas de adultos, para aliviar tensões do cotidiano, mas é também de grande importância para os bebês. O desenvolvimento de técnicas e sistemas para a aplicação de massagem em bebês tem adquirido importância nos últimos anos, sendo a Shantala o método mais...
tracking img