Projeto pedagogico e projeto de ensino

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1216 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Araguaia

Projeto Pedagógico e Projeto de Ensino: um trabalho com os elementos constitutivos da prática pedagógica.

A importância da didática e metodologia para o professor universitário.

* PROJETO PEDAGOGICO E PROJETO DE ENSINO:

1. Trabalho humano e a necessidade do projeto

* Para Marx(1980) e Braverman (1977)

* Trabalho animal e trabalho humano, embora possuam semelhanças, possuem diferenças essenciais: aquele é instintivo, programado no interior das células, inato, não aprendido e possui energia para ser liberada quando o animal for estimulado; o trabalho humano é consciente, pois o ser humano é o único ser vivo capaz de prever seu trabalho, planejar, antever a ação,projetar o desejo a ser realizado.

* Somente o ser humano é capaz de regular os seus atos pelo pensamento, de projetar a ação, idealizar, planejar o futuro e realizá-lo. Podemos afirmar, assim com Marx, que o trabalho humano é uma ação inteligente e transformadora que exige a vontade individual e do grupo para ser realizado: pensar, querer e realizar a transformação da realidade em buscade uma melhoria de qualidade que possa satisfazer as necessidades da vida humana.

2. Aspectos conceituais e legais

* Projeto Pedagógico e Projeto de Ensino

* Segundo Marx, projeto é um resultado que já existia na imaginação do trabalhador, por isso é uma característica do ser humano.
* É continuamente modificável;
* Um projeto de educação, requer pratica coletiva e aousadia de inventar e produzir nosso próprio caminho. Nesse movimento, ser humano e mundo se constroem histórica e reciprocamente, portanto, nada está acabado; tudo está em movimento e em construção.
* O projeto pedagógico de uma instituição universitária, construído na vertente histórico- social, é o instrumento necessário para se evitar a alienação e fragmentação dos sujeitos envolvidos nessaconstrução- docentes, alunos e servidores- e do curso universitário onde estão atuando.
* Representa a proposta da instituição universitária em relação ao que ela pretende, em relação as suas funções.
* Deve ser pensado por todos que participam da instituição: professores, alunos e servidores. No entanto, a sociedade brasileira ainda é seletiva e excludente; o que reflete na instituição,que muitas vezes não permite a participação de alunos e comunidade.

3. Da legislação enquanto um dos fundamentos para o projeto político-pedagógico

* Todos os profissionais envolvidos no trabalho educativo formal, em instituições escolares têm autonomia para pensar-querer-fazer uma proposta pedagógica para sua instituição ou curso, durante um espaço de tempo;
* As diretrizes paraum Curso Superior emanam do Conselho Nacional de Educação porque fazem parte de um programa de governo via Ministério de Educação e Desporto (MEC). A partir delas ou apesar delas, cada instituição e seu coletivo estarão traçando o perfil desejado – o seu projeto característico.

4. Projeto pedagógico e organização curricular

* Na universidade por conta da racionalidade técnica, sãovalorizados e até supervalorizados os títulos, a carreira, o salário, a burocracia, a hierarquia do saber, para os alunos de Curso de graduação, são valorizados apenas as provas; para os alunos de pós graduação, apenas, as pesquisas. O professor esta acostumado a “ver” o aluno na sala de aula e dificilmente compreende que toda atividade dos alunos dentro ou fora da sala de aula, sob sua orientação,é atividade docente-discente.
* Ao contrário do paradigma positivista, o que se propõem é a racionalidade prática entendida enquanto unidade teórico-prática (práxis), reflexão-na-ação, processo gerador de conhecimento e transformação, portanto, de avanço qualitativo do saber, gerando uma reorganização curricular que contribua para a superação da dicotomia teoria e prática.

5. Projeto...
tracking img