Projeto obesidade infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1625 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO TOCANTINENSE DE EDUCAÇÃO E PESQUISA
FACULDADE ITOP






CURSO: PEDAGOGIA
MÓDULO: PESQUISA NA PRÁTICA PEDAGÓGICA I









PROJETO DE PESQUISA



OFICINA PEDAGÓGICA: Pesquisa na Prática Pedagógica











Palmas To, dezembro de 2009


PROJETO DE PESQUISA


ÁREA: EDUCAÇÃO


TEMA GERADOR: OBSERVANDO NA ESCOLA UM PROBLEMA O PRESENTE COMOLHARES PARAO FUTURO.


SUB – TEMA: A obesidade infantil na escola.

Autoras:
Heloiza Martins da Silva
Lays Aires Rodrigues
Tamyris Kelly



Projeto de pesquisa apresentado a Faculdade – ITOP, Palmas Tocantins, no curso de Pedagogia como requisito para obtenção de nota da Disciplina metodologia da pesquisa científica Orientado pela profª Ma. Maura Alves FariaPalmas - TO

















































1. INTRODUÇÃO

Hoje existem em todo o mundo, cerca de 150 milhões de crianças com excesso de peso, das quais 45 milhões já são consideradas obesas. No Brasil 20% das crianças sofrem obesidade e 1 em cada 3 estão em risco de pertencer a esse grupo. Ser obeso é ter maispeso do que o recomendado para a idade, sexo e estatura, no caso das crianças, é mais fácil se destacar entre as demais.
A ingestão de calorias a mais, e a prática de exercícios de menos, são dois dos principais fatores que influenciam para o aumento da denominada como a mais nova epidemia do século.
A escola tem um papel fundamental no combate à obesidade infantil, mais nesse trabalho deprevenção não basta somente tornar o exercício físico um componente curricular, mas sim desenvolver ações que torne a prática de tais exercícios uma necessidade básica, como comer, beber água ou respirar, assim essas crianças levarão esses hábitos por toda a vida.

























2. JUSTIFICATIVA
A presente pesquisa remete a observação do risco. Prevenir a obesidadeinfantil significa diminuir de uma forma racional e menos anerosa a incidência de doenças crônico degenerativas. A escola é um local importante onde esse trabalho de prevenção pode ser avaliado, pois nela as crianças fazem pelo menos uma refeição diária, além de adquirirem novos hábitos e comportamentos.
Neste antexto o trabalho de educação nutricional, aliado à promoção da atividade física, podeproduzir hábitos mais saudáveis na população escolar, reduzindo o risco para a obesidade.

PROBLEMA:

A obesidade infantil é um problema nutricional e vem crescendo em todo o mundo, e devido a esse avanço tem sido considerada uma epidemia, pois vem tomando dimensões preocupantes e taxas drásticas. E a escola pode ser um local ideal para desenvolver ações que previnam e combatam a obesidadeinfantil.
As crianças sofrem com a obesidade e estão vulneráveis a outros transtornos como colesterol alto, hipertensão arterial, diabetes tipoII, essas doenças eram mais diagnosticadas em pessoas adultas, mas devido ao estilo de vida em que as crianças estão submetidas, esses males são evidenciadas cada vez mais cedo. Paralelo a isso estão vulneráveis aos apelidos taxativos, descriminação nasatividades físicas, na convivência social, e distúrbios psicológicos que prevalecem até a idade adulta, esses distúrbios estão associados à baixa estima, ansiedade, nervosismo e principalmente a depressão. Diante desses fatores a criança obesa enfrenta uma série de pressão agravando-se ainda mais a adolescência.
HIPÓTESES:

A escola tem um papel social importante perante a comunidade estudantilquando se trata de problemas extracurriculares desta envergadora a que a pesquisa se propõe.
As mudanças comportamentais e biológicas ocorridas com a modificação dos hábitos alimentares são perceptíveis. Diante disto a escola deve adotar iniciativas em prol de uma alimentação saudável, envolvendo a família nesta iniciativa, haja visto que o lanche é o menor dos problemas.
Diante disto a...
tracking img