Projeto multidisciplinar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2640 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Projeto Multidisciplinar



Brena Manoela de S. F Miranda RA: 308822

Lorraine Pereira Silva RA: 298113

Samille da Silva Sobreira RA: 292451

Jessica Jeniffer DA Silva Pinheiro RA: 297980

Marcos Luis Ferreira Martins RA: 329853



















Projeto Transdisciplinar: Meio Ambiente é Cultura “TCHÁ CO’BOLO2012

Projeto Transdisciplinar: Meio Ambiente é Cultura
“TCHÁ CO’BOLO”

PERÍODO: Janeiro a dezembro de 2012

ÁREAS DE CONHECIMENTO:
· Ciências da Natureza, Matemática e Tecnologia.
· Ciências Humanas e Sociais
· Linguagens e Códigos

PÚBLICO ALVO: Os educandos de todas as séries iniciais do Ensino Médio/FundamentalAno 2012



- Introdução
Este projeto ambiental com caráter interdisciplinar não tem como objetivo subestimar ou substituir estudos nesta área mais de certa forma contribuir com uma porção da comunidade, trabalhando com professores, alunos e comunidade os saberes na área da educação ambiental, com ênfase no estudo das Plantas Medicinais no uso popular, trazendo como gancho umTítulo sugestivo e Regional o Meio Ambiente é Cultura “TCHÁ CO’BOLO".
”Onde serão realizadas amostras de chás do conhecimento publico, com intuito de preservar este conhecimento entre as gerações vindouras”.
Pois mesmo antes do homem usar a linguagem escrita já se apoderava do valor medicinal de algumas plantas. Logo Chineses, Egípcios, Mesopotâmios, Indianos, Gregos enfim Indígenasentre outros, aqui no Brasil começou a trilhar este caminho que alia ao bom senso, a ciência e o folclore. Segundo Guarim, 1996, aqui em Mato Grosso, já se tem um estudo direcionado em plantas nativas, tais como frutos comestíveis (pequi, siputá, coroa - de frade, marmeladas), e uma gama de plantas encontradas em regiões de Cerrados, Pantanal e Floresta Amazônicas, com um alto potencial medicinal.Sabe-se que plantas medicinais fazem parte de um grupo de vegetais que de certa forma é utilizado por diferentes tipos de populações seja estas tradicionais ou não, o objetivo deste projeto é preservar este saberes acumulados durante todas as evoluções da humanidade.
A natureza era a fonte fundamental de sobrevivência do homem primitivo que se utilizou principalmente das plantaspara curar-se. O conhecimento do homem sobre as virtudes das plantas confunde-se, então, com sua própria historia. No Brasil, graças ao trabalho dos raizeiros este conhecimento tem-se mantido.
Como é sabido que a interdisciplinaridade é uma discussão inacabada (Zepone, 1999), para tanto o estudo das plantas medicinais esta dentro do contexto de estudo da educação ambiental, por ser de certaforma tão abrangente e tão chamativa, a educação ambiental foi incluída na publicação dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN, 1997) segundo esta publicação quando a Educação ambiental for bem realizada, leva mudanças de comportamento pessoal e a atitudes e valores de cidadania que podem ter fortes consequências sócias.
Nesse contexto, a Educação Ambiental foi concebida e recomendada comofator fundamental para a construção de uma nova racionalidade ambiental, tendo como marcos referencial:
· A conferência de Tbilisi (ex-URSS), em 1977, organizada pela UNESCO em colaboração de um órgão com o PNUMA - Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente - quando foram definidos seus princípios, objetivos, formas e estratégias nos plano nacional e internacional;
· O Programa Nacional deEducação Ambiental - PRONEA que estabelece as diretrizes e linhas de ação na área de educação ambiental no Brasil, aprovado pelo Presidente da República em 1994;
· Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento em 1992, no Rio de Janeiro, com destaque para a Agenda 21 que orienta a elaboração de planos nacionais de desenvolvimento sustentável e consagra no seu capitulo...
tracking img