Projeto lingua portuguesa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2019 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO DE LÍNGUA PORTUGUESA

TÍTULO: São João del Rei: múltiplas linguagens em um mosaico cultural
EXECUÇÃO: Hellen Sueli Bergo
SUPERVISÃO: Maria da Conceição Rodarte Paiva
INTRODUÇÃO:
Existem alguns mitos que estão arraigados na mentalidade de muitos em nossa sociedade. Dentre eles podemos citar: cultura é aquilo que faz parte do universo das classes sociais economicamentefavorecidas, o português é uma língua difícil e quando usado “corretamente” possibilita uma ascensão social. Além disso, a maneira de uma pessoa utilizar a língua materna pode ser responsável por seu enquadramento em um determinado nível econômico e social. Na maioria das vezes, aquilo que pertence aos costumes das classes mais pobres não é considerado cultura. Faz-se necessário, então, apresentar aosalunos o conceito de cultura como costume que independe do poder aquisitivo daqueles que estão envolvidos. Juntamente com o conceito de cultura, os discentes pesquisarão a respeito de variedade e daquilo que é diferente culminando inicialmente na reflexão sobre preconceitos e em seguida mais especificamente preconceito lingüístico.

JUSTIFICATIVA:
Atualmente, vive-se numa sociedade que temtentado de diferentes maneiras acabar com preconceitos enraizados há muito tempo. Luta-se pela igualdade de direitos entre homens e mulheres, tenta-se acabar com preconceitos raciais, sociais, culturais, econômicos e religiosos. É fundamental que essa luta contra as diferentes manifestações preconceituosas atinja também o preconceito lingüístico. De acordo com Marcos Bagno “O preconceitolinguístico está ligado, em boa medida, à confusão que foi criada, no curso da história, entre língua e gramática normativa (...) uma receita de bolo não é um bolo (...) também a gramática não é a língua.” (Bagno, 2002, pág. 9).
É necessário ainda que os alunos tenham a noção de identidade social para que possam se identificar e conhecer não somente a sua própria, mas a identidade de diferentescidadãos. Segundo o escritor e promotor de justiça, Mário Ribeiro Martins, em seu artigo ‘Identidade Social’:


“A identidade social pode ser atribuída ou adquirida. É atribuída quando não se pode fugir dela. Exemplo: a identidade social do homem branco que não pode se tornar preto ou do preto que não pode se fazer branco. É adquirida quando é conseguida pelo esforço próprio, comvontade e inteligência e talento. Exemplo: O cidadão que começou como varredor de um banco e se tornou Gerente do Banco.” (Martins, 2005).


Este projeto visa à discussão das diferentes linguagens dentro do cenário cultural de São João del Rei. O intuito é de estabelecer sempre mais aceitação e tolerância com o outro que também está inserido na mesma comunidade. Uma vez que a língua éum fator social, que sofre alterações devido ao tempo, às pessoas e aos lugares é de fundamental importância que este trabalho ultrapasse os muros do colégio e leve os estudantes a um contato direto e consciente com diferentes integrantes de nossa cidade. São eles:
• Antônio Eduardo Ávila – poeta, artista plástico, documentarista e criador do projeto de revitalização da nascente da Serra doLenheiro;
• D. Vicentina – líder comunitária e coordenadora do Grupo Cultural Raízes da Terra com sede no Bairro São Geraldo;
• Dr. José Antônio de Oliveira – escritor e professor da área de Prática de Ensino de Língua Portuguesa, no Departamento de Letras, Artes e Cultura da Universidade Federal de São João del Rei;
• Wangui – artista plástico;
• Sr. Benedito – morador doBairro São Geraldo e integrante do Grupo Cultural Raízes da Terra;
• João Carlos de Oliveira – músico, professor de música no Conservatório Estadual de Música de São João del Rei e coordenador da Orquestra Popular Livre;
• Mestre Guati – carnavalesco, artista plástico, fundador e presidente do bloco carnavalesco “Recordar é viver”.
De acordo com o livro didático adotado, “Língua...
tracking img