Projeto integrado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1269 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA-UNIP
LICENCIATURA EM PEGADOGIA

PENSAMENTO FILOSÓFICO: Pirronismo e Cinismo




MACAPÁ-AP
2012
FERNANDA LACERDA
GEOVANA SANTANA
ROSIGLEICA SANTOS

PENSAMENTO FILOSÓFICO: Pirronismo e Cinismo


trabalho apresentado a disciplina Pensamento Filosófico como requisito avaliativo ao curso de Licenciatura em Pedagogia turma 305 da Universidade Paulista, soborientação da professor: Roberto sena.

MACAPÁ-AP
2012

INTRODUÇÃO

A Grécia antiga durante muito tempo foi influenciada por pensamentos ideológicos que surgiram através pensadores ou discípulos de grandes mestres tais como Sócrates, Platão, dentre outros; tais pensamentos influenciaram o surgimento de estilos de vida, nada convencionais pra uma época arcaica, elemento maior do diagnósticode uma época na qual o poder não teme a crítica que desvela o mecanismo ideológico.
Varias correntes filosóficas surgiram dentre elas iremos citar o Pirronismo que se fundamenta no lado prático e material da vida, enquanto o Cinismo tem como estilo de vida o desapego aos bens materiais e externos. Pois tais correntes filosóficas estão presentes a todas as épocas e influenciam ate hoje pensadorese estudiosos do meio cientifico, atualmente é um grande aliado na formação de opinião do meio acadêmico.

1. PIRRONISMO
O Pirronismo também conhecido como ceticismo pirrônico, foi uma tradição da corrente filosófica do ceticismo fundada por Enesidemo de Cnossos no século I d.C., e registrada por Sexto Empírico no século III. Toma seu nome pelo filosofo Pirro de Élida (365/275 a.C. Élida,Grécia), considerado o verdadeiro fundador do “Ceticismo”. Seu ideário é totalmente voltado para o lado prático, o material, o todo cotidiano da vida e pode ser resumido ou descrito da seguinte maneira:
1. Não se deve ter, nem emitir, qualquer julgamento (ou juízo) sobre  coisa alguma. Nada se deve afirmar ou negar sobre quaisquer fatos, seres, ou objetos, pois o intelecto Humano é limitadoe incapaz de chegar à verdade sobre qualquer coisa. Essa proposição foi encarada Sofistas (a.c.470 a.C.) que a batizaram de “Duvida Universal”.
2. Tudo aquilo que o Homem julga como “Verdade” não passa de simples convenção ou acordo, ou apenas hábito. Séculos depois, o filósofo empirista HUME (1711/1776, Escócia) retomou essa tese quando desacreditou em seu “Ceticismo Moderno” da própriaLei da Causalidade (Causa e Efeito), que para ele não podia ser considerada verdadeira e/ou válida posto que nada garante que o mesmo “Efeito” de uma “Causa (ou motivo)” ocorra, como já ocorreu. O que se tem é o mero hábito de observar que um efeito acontece por uma causa, mas nada assegura que tal se repetirá.
Exemplo: durante uma vida de cem anos um Homem vê que a chuva vem depois do relâmpago,mas nada assegura que no dia seguinte ao de sua morte uma chuva aconteça depois de um relâmpago, porém para aquele Homem todo relâmpago precedia uma chuva; e isso acontece em razão do Ser Humano acreditar que "Sempre", "Eterno" é do tamanho de sua vida. Por isso Hume afirmava que: “convêm que substituamos toda certeza pela probabilidade”.
3. Deve-se sempre distinguir (ou diferenciar) osFenômenos (aquilo que é perceptível através dos Sentidos: tato, visão, audição, paladar, olfato) e as “Causas Incognoscíveis”; isto é, os “motivos” que fazem algo (os fenômenos) acontecer, dos quais nada se sabe sobre tais “Motivos”, pois estão além da capacidade intelectual do Homem.
Exemplo: sinto o sabor de uma fruta, mas não consigo compreender o porquê  de ter essa sensação; qual é orelacionamento que existe entre a natureza (o que é, as característica daquela fruta) e a Sensação que meu paladar capta. Deve, pois, o Homem contentar-se em compreender todo possível sobre aquela fruta, mas esquecer o porquê gosto da mesma e o porquê dela existir.
4. Tendo, portanto, o Ser Humano conseguido focalizar seus esforços apenas naquilo que pode compreender e se abstendo de ter...
tracking img