Projeto dia do livro infantil: monteiro lobato

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2374 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
8 de abril Dia Mundial do Livro / Monteiro Lobato


Pequena Biografia de José Bento Monteiro Lobato.

Monteiro Lobato era uma criança que adorava ler. Ele nasceu no dia 18 de abril de 1882, em Taubaté, interior de São Paulo e morou com seu avô, o Visconde de Tremembé. Na biblioteca da casa, ele lia de tudo, revistas, livros de literatura mundial. Aos nove anos, resolveu mudar seu nome, deJosé Renato Monteiro Lobato para José Bento Monteiro Lobato só para usar a bengala de seu pai, porque nela havia as iniciais JBLM gravadas. Foi da infância em Taubaté que Lobato buscou inspiração para seus livros e da crendice do povo do interior que surgiram personagens como o Saci, Narizinho, tia Nastácia e tantos outros.

Em 1914 começa a escrever, lançando primeiramente a obra adulta "Urupês",mas só em 1921 surge seu primeiro conto infantil: "Narizinho Arrebitado", onde aparece pela primeira vez personagens do "Sítio". Como já diz o nome do livro, a personagem principal era Narizinho ( Lúcia, neta de Dona Benta). Ele anuncia na imprensa e distribui de graças nas escolas 500 exemplares do livro. Nascia a partir dali aquele que seria considerado o "pai da literatura infantilbrasileira".

Nesse meio tempo surgem suas obras infantis "O Saci" (1921), "Fábulas" (1922), "Hans Staden" (1927) e "Peter Pan" (1930)... Seus livros infantis e as traduções de grandes clássicos garantem seu sustento.

Ao voltar de uma viagem aos Estados Unidos, em 1931 escreve além de um conto, um prolongamento das histórias de Lúcia. Assim surge "Reinações de Narizinho". No mesmo ano ele funda aCompanhia de Petróleo do Brasil e começa a bater de frente com o governo getulista, que não acreditava em seus ideais e não aceitava seus livros de fundo crítico. O sucesso de "Reinações de Narizinho" é imenso.

E daí pra frente o universo da literatura infantil lobatiana vem ganhando força... Surgindo "Viagem ao Céu" (1932), "História do Mundo para Crianças" (1933), "As Caçadas de Pedrinho" (1933),"Emília no País da Gramática" (1934), "Aritmética da Emília" (1935), "Geografia de Dona Benta" (1935), "Histórias das Invenções" (1935), "Don Quixote das Crianças" (1936), "Memórias de Emília" (1936), "O Poço do Visconde" (1937), "Serões de Dona Benta" (1937), "Histórias de Tia Nastácia" (1937), "O Picapau Amarelo" (1939), "O Minotauro" (1939), "A Reforma da Natureza" (1941), "A Chave do Tamanho"(1942) e "Os 12 Trabalhos de Hércules" (1944).

O nome do Sítio de Dona Benta era "Picapau Amarelo", com as palavras "Pica" e "pau" unidas, como na grafia antiga.

Depois disso, em 1946 ele se muda para Argentina, frustrado com a política brasileira e com a criação do Museu de Arte de São Paulo (MASP), fundado por Assis Chateaubriand na Rua 7 de Abril, 230 - sede dos Diários e EmissorasAssociados. Neste ano ainda ele reúne todas suas obras e as publica pela "Editora Brasiliense", que havia criado anos antes - sua segunda criação em termos de editora, já que a primeira que fundou foi a "Companhia Editora Nacional". Um ano depois volta ao Brasil e aos poucos começam a se manifestar problemas físicos. Em abril de 1948 surge o primeiro espasmo cerebral vascular e Lobato não consegue semover mais como normalmente. Em 5 de julho morre o escritor, que deixa milhares leitores e personagens órfãos, uma Editora (a Brasiliense, a primeira acaba falindo) e um legado para os demais escritores infanto-juvenis.
A luta pela exploração do Petróleo, que chegou a levá-lo à cadeia, foi compensada... Quando encontraram o primeiro poço petrolífero do Brasil, na Bahia, o batizaram de "Lobato".Infelizmente hoje este poço está em completo abandono, no meio do mato e em ruínas. E sobre seus livros, seus herdeiros e a Editora Brasiliense, da qual foi criador, vivem em constante luta pelos direitos autorais de Lobato.



PROJETO DIA DO LIVRO INFANTIL: MONTEIRO LOBATO

CMEI “ROMEU CARDOSO”



Introdução

Monteiro Lobato foi, verdadeiramente, um dos grandes homens da história desse...
tracking img