Projeto de trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4698 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O projeto de trabalho: uma estratégia para reinventar a escola?

Maria Nehme

Anteprojeto de TCC apresentado como
requisito para obtenção da aprovação
na disciplina Pesquisa IV do Curso
de Graduação em Pedagogia

Setembro de 2005

2

Sumário

Apresentação

03

A título de introdução

03

O estudo que pretendo fazer

04

A relevância do estudo pretendido

06

Oproblema e os objetivos do estudo

08

Algumas considerações teóricas

10

Como pretendo desenvolveu o estudo – breves considerações metodológicas

12

Cronograma

13

Referências bibliográficas

14

3

O projeto de trabalho: uma estratégia para reinventar a escola?

Apresentação
Este documento tem por objetivo apresentar as linhas mestras de um projeto de pesquisa de queexpressa o meu interesse em aprofundar a reflexão e a investigação no campo da Didática,
principalmente, no que se refere às práticas educativas desenvolvidas no interior da escola. Tal
preocupação, presente desde o início da minha formação, se tornou mais intensa no momento em que,
como integrante de um grupo de pesquisa que estuda a relação entre educação, cultura e cotidiano pude
constatar(embora não fosse esse o foco central do trabalho do grupo) que as práticas didáticas
desenvolvidas no interior da escola objeto de nossas análises se articulavam pouco com a realidade
histórica, política, social e cultural dos sujeitos que dela participavam e davam ênfase a conteúdos,
muitas vezes, fragmentado e pouco significativo para os seus alunos.
Pensar/pesquisar as dimensões e oscomponentes da prática didática realizada na escola e buscar
alternativas que possam facilitar e/ou promover uma maior aproximação entre o trabalho escolar e a
vida de seus atores é o meu compromisso e também objetivo desse projeto.

A título de introdução
Muitas vezes considerada como uma instituição que não responde às exigências do mundo atual
frente à sua complexidade ou entendida como um lugardesinteressante, distante da realidade na qual
está inserida, ou, também, como um espaço que pouco dialoga com a cultura de referência de seus
sujeitos, a escola vem sendo alvo de constantes questionamentos e debates. As críticas se acentuam na
medida em que são colocadas em evidência as inúmeras mudanças que vêm ocorrendo na sociedade
contemporânea e, diante das quais, a escola parece serpouco sensível. Como afirma Hernández,

Essas mudanças ocorrem em todas as direções. (...) Por um lado, temos as mudanças na sociedade
(não concebida como um todo, mas como grupos que se relacionam, excluem-se, ignoram-se ou
tentam encontrar um ‘espaço’, a partir do qual possam fazer com que suas vozes sejam ouvidas),
nas relações (de poder, de controle, de emancipação, de solidariedade ...) enos sistemas de
representação dos valores das identidades (pessoais, sexuais, étnicas ...) que se projetam nos meios
de comunicação e nos espetáculos de massa (televisão, cinema, publicidade, jornais, música,
futebol ...) e nas tecnologias da informação e da comunicação. (1998, p. 27)

As críticas se intensificam ainda mais quando, desafiada a se posicionar, por exemplo, frente à
existênciade uma revolução tecnológica sem precedentes que afeta, entre outros aspectos, os processos

4
de produção, disseminação e consumo de conhecimento/cultura, à globalização da sociedade
que atinge os sistemas produtivos, de organização do trabalho e o próprio desenvolvimento econômico,
contribuindo de modo significativo para a exclusão social e, também, frente às mudanças de paradigma
daciência e do conhecimento que influem na pesquisa, na produção do conhecimento e,
consequentemente no processo de ensino-aprendizagem, à crise ambiental e ética, a escola parece se
manter, na maioria das situações, distante e cristalizada.
Entretanto, ainda acredito que a escola é um espaço privilegiado para a apropriação do
conhecimento já sistematizado e relevante como instrumento para...
tracking img