Projeto de tcc: a necessidade do serviço social nas escolas públicas no município de campinas daniele diniz

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1159 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE

TEMA 2
PROBLEMA 2
HIPÓTESE 3
JUSTIFICATIVA 3
REFERENCIAL TEÓRICO 3
OBJETIVOS GERAIS 4
OBJETIVOS ESPECÍFICOS 5
METODOLOGIA 5
CRONOGRAMA 2012 6
BIBLIOGRAFIA 7



TEMA

A necessidade do Serviço Social nas escolas públicas do município de Campinas.
PROBLEMA

A falta de qualidade na educação brasileira é algo nítido e de grande impacto na sociedade, há criançasem idade e escolaridade avançada nas escolas, mas que ainda não sabem ler, escrever ou realizar a mais simples conta matemática, isto se caracteriza em uma das inúmeras expressões da questão social e devido a isso ninguém melhor que o assistente social atuando frente a estas questões para buscar junto às outras profissões projetos de melhoria no intuito de minimizar estes problemas.
A escola, alémde seu papel pedagógico é um ambiente de socialização. Dentro dela há diversas expressões da questão social, porém atualmente não é um ambiente onde o assistente social atua diretamente e com freqüência. Por este ambiente prover socialização, inevitavelmente há conflitos, além disso, o estudante traz consigo seus problemas sociais vivenciados também fora da escola, na família. É necessário oprofissional do serviço social para contribuir com ações que tornem a educação uma prática de inclusão social, de formação da cidadania e emancipação dos sujeitos sociais desde a educação, há uma carência do Serviço Social junto aos outros profissionais da escola atuando no sentido de possibilitar ao publico alvo que despertem sua criticidade, tornando-se sujeitos conscientes e protagonistas suaprópria historia.
HIPÓTESE

A atuação do Serviço Social nas escolas públicas diminuiria as taxas de evasão escolar e melhoraria o desenvolvimento do aluno tanto na sala de aula quanto na convivência e socialização com os demais. Além disso, essa atuação faria uma ponte com a família e a comunidade, conhecendo e verificando a possibilidade de soluções conflitos no âmbito familiar.
JUSTIFICATIVA

OServiço Social deve ser algo essencial nas escolas, envolvendo a família na Educação, prevenindo assim a evasão escolar e diversos outros problemas que fazem parte do sistema educacional contemporâneo, como: drogadição, violência de todos os gêneros, gravidez na adolescência, baixo rendimento escolar. Há um Projeto de Lei (PL) n.º 3.688 de 2000 e n.º 837 de 05 de julho de 2005 tramitando noestado de São Paulo, e dispõe sobre a introdução do assistente social no quadro de profissionais da educação de cada escola pública, porém ainda não efetivada, não há em Campinas nenhuma escola que possua no seu quadro profissional o assistente social, a cidade mais próxima que possui é em Limeira, daí minha pretensão de fazer visitas em algumas escolas em Limeira.
REFERENCIAL TEÓRICO

“(...). Émister que a educação, nesses Estados seja servil. Constituirá um bem havê-la recebido sob essa forma, mesmo no comando, pois aí ninguém será um tirano, sem que seja escravo. A extrema obediência supõe a ignorância naquele que obedece; igualmente supõe ignorância naquele que comanda; este não terá que deliberar, de duvidar nem de raciocinar; não deve senão querer”. (MONTESQUIEU 2004 p.47).
Ocapítulo IV do Estatuto da criança e do adolescente dispõe do direito a Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer, e determina em seu Art. 53: A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando-lhes:
I - igualdade de condições para o acesso e permanência na escola;
II -direito de ser respeitado por seus educadores;
III - direito de contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares superiores;
IV - direito de organização e participação em entidades estudantis;
V - acesso à escola pública e gratuita próxima de sua residência.
Parágrafo único. É direito dos pais ou responsáveis ter ciência do processo pedagógico, bem como participar da...
tracking img