Projeto de rede

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2495 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO DE REDES
www.projetoderedes.com.br

Curso Tecnológico de Redes de Computadores
Disciplina: Infraestrutura de Redes de Computadores - 1º período
Professor: José Maurício S. Pinheiro
AULA 04 – Sistemas de Cabeamento

V. 01/10

1. Histórico
No início da década de 1980, os sistemas de grand e porte conhecidos
como Mainframes dominavam os ambientes computacionais das empresas. Coma falta de normas para o mercado de redes locais de microcomputadores, os
fabricantes disponibilizavam para o mercado sistemas proprietários de
comunicação para atender a demanda cada vez maior de processamento.
A partir de 1988, os primeiros sistemas de cabeamento integrando voz,
vídeo e dados foram lançados comercialmente. Com a introdução d e padrões
internacionais, os sistemas decabeamento passam a serem produzido s sob
normas definidas internacionalmente.
2. Cabeamento não estruturado
O cabeamento não estruturado é aquele normalmente executado sem um
planejamento prévio e o seu dimensionamento não considera modificações ou
expansões futuras na rede. Normalmente utiliza cabos dedicados para tipos
específicos de aplicações, ou seja, cabos para voz, cabos para dados, cabospara
sistemas de controle, etc, resultando em diversos padrões, topologias, conectores,
ligações, etc, que sofrem modificações para cada alteração d o layout da rede.
Outras características de uma rede não estruturada são:







Normalmente a passagem de cabos é feita utilizando -se uma estrutura já
existente e nem sempre adequada (sistema elétrico, por exemplo);
Novos cabos sãoplanejados apenas em locais o nde já existam
equipamentos em funcionamento, ou onde sejam previstas novas estações
de trabalho. Futuras ampliações não são observadas;
Não utiliza qualquer tipo de organizador de cabos;
Geralmente não envolve obras civis e quando os dutos de passagem
tornam-se insuficientes, caminhos adicionais para os novos cabos são
improvisados;
Pouca ou nenhumaflexibilidade. Cada novo ponto de rede ou
remanejamento de pontos existentes requer a passagem de novos cabos;
Não oferecem documentação adequada dos pontos de rede, dificultando a
administração e resolução de problemas.

Ref: BICSI; Pinheiro; ABNT; EIA/TIA

1

Figura 1 - Cabeamento não estruturado

3. Cabeamento Genérico
O cabeamento genérico é encontrado nos projetos integrados dos sistemasde voz, dados, imagem e sistemas de controles, preparado de tal forma a atender
com flexibilidade aos diversos projetos de redes sem exigir grandes modificações
físicas da infraestrutura existente.
Um projeto de cabeamento genérico prevê a instalação de cabos e
conectores padronizados por toda a edificação, além dos acessórios necessários
para dar suporte aos diferentes tipos de sistemas deuma rede.

Figura 2 - Cabeamento Genérico

Para usufruir as vantagens do cabeamento genérico é interessante que
todo o cabeamento seja instalado e disponibilizado para uso em todos os locais
possíveis de uma edificação, com múltiplas conexões, permitindo facilmente a
expansão ou mudança dos pontos de rede. Essa filosofia de distribuição
conhecida como “flood wiring” baseia-se na densidadeou área do recinto, ao invés
de observar apenas a posição final do usuário. Isto permite maior flexibilidade,
pois quando mudanças são feitas no layout, não é preciso refazer o cabeamento.

Ref: BICSI; Pinheiro; ABNT; EIA/TIA

2

Estes três aspectos, o cabeamento flexível, os painéis de distribuição e o conceito
de Flood Wiring são as características básicas que se pode observar em umsistema de cabeamento genérico.
4. Cabeamento Total
Tem como principal característica o conceito de que as mudanças ocorrem
com os usuários da rede e não com as máquinas. Nessa solução não ocorre
remanejamento de equipamentos. Quem muda é o usuário e não a máquina,
preservando o investimento no cabeamento (que não sofre alterações) e definindo
um padrão para acondicionamento dos usuários...
tracking img