Projeto de prevenção ao uso de drogas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6037 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS EDUCADORES DE ESCOLAS PÚBLICAS PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS - POLICIAIS POLÍCIA MILITAR DE SANTA CATARINA TUTOR: ABRAHÃO FERREIRA FEITOSA CURSISTAS: GILSON DE BORBA JOÃO FRANCISCO KRULL

FORMAÇÃO DE REDE PREVENTIVA AO USO DE DROGAS Escola de Ensino Fundamental “Affonso Rohden”

SALETE – SC MARÇO – 2011

2 Introdução 2.1 Apresentação: A violência e o uso dedrogas tem sido uma constante preocupação do corpo docente da Escola de Ensino Fundamental “Affonso Rohden”. Localizada numa comunidade basicamente organizada, porém com situação sócio-econômica ligeiramente inferior ao patamar das outras comunidades do município de Salete SC, a escola tem sido relegada a uma categoria de estabelecimento educacional de nível inferior. Logicamente que essa posiçãonão é de forma clara, mais se pode perceber tanto pelo grupo de professores quanto pela comunidade em geral – há um rótulo pejorativo. Por entender que esta condição de inferioridade no tratamento dado tanto pela municipalidade quanto pelas autoridades, vislumbra-se que a formação de uma rede forte nesta escola é fundamental, para a criação de estruturas de proteção às crianças e adolescentes dacomunidade, potencialmente público alvo para o uso de drogas. Concomitante com a ação preventiva ao uso de drogas terar-se-a a oportunidade de elevar a autoestima e proteção à comunidade. Sendo assim será demonstrado às classes que em tese se julgam superiores – tanto social quanto intelectualmente, de que na comunidade existem muitos valores que não emergem por falta de oportunidade. Nodiagnóstico que forneceu elementos originando este projeto de ação, constatou-se a predisposição por parte do público infanto-juvenil freqüentando a escola, em envolver-se com algumas atitudes que caracterizam situações de risco: - tempo ocioso, entre os períodos em que freqüentam a escola; - ausência de proteção familiar (acompanhamento, supervisão); presença em bares (uso de bebidas alcoólicas, cigarro,afinidades com pessoas de má índole e usuárias); - ausência de referências positivas (pais que seriam exemplos); necessidades básicas não supridas (alimentação, saúde, lazer)... “Fatores de risco podem ser definidos como sendo as circunstâncias psicossociais que tornam o indivíduo mais vulnerável ao envolvimento com o uso indevido de drogas”. (SENAD, 2010, pg. 154). Além do trabalho desenvolvidopor Policiais Militares na referida escola, como é o caso do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência – PROERD, a direção e professores tem se esforçado para desenvolver outras atividades que podem contribuir como fator de proteção. Ocorre que estes trabalhos são atitudes isoladas e necessitam de outras fontes em que possa agregar ações – elementos que podem compor uma rede.Percebe-se que além das pessoas envolvidas nos trabalhos realizados, não há a sincronia necessária para a continuidade. O Proerd é um exemplo clássico desta constituição em que as ações estão concentradas num determinado período. Depois de concluído o programa, não há
2

um reforço das atividades, nem tampouco continuidade, pela família, pela escola ou pela própria Polícia Militar que aplica oprograma. Analisando do ponto de vista da rede a Polícia Militar pode ser um elemento presente, porém não apenas através de Programas isolados como acontece com o Proerd. Se fizermos uma análise histórica de como era tratado à questão das drogas, há duas décadas e como é na atualidade, perceberemos que houve uma evolução estrondosa, entretanto se estabelecermos um comparativo, entre o que estamosefetivamente realizando e os resultados que temos alcançado, concluiremos que ainda engatinhamos no assunto e na forma de minimizar os efeitos da problemática. Focalizando os trabalhos realizados na Escola escolhida para receber o Projeto de Formação de Rede, sabemos que teremos o grande desafio de sensibilizar a comunidade através dos seus segmentos a estarem envolvidos com a ação. Essa realidade...
tracking img