Projeto de pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1674 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Justificativa

O seguinte trabalho tem como finalidade a análise do romance Senhora de José de Alencar, ressaltando o perfil de Aurélia na obra.
O autor é a força redentora do romance que é capaz de recuperar o caráter de um homem dominado pelo capitalismo. A sua protagonista, Aurélia, é o sujeito de todo o decorrer do romance, é ela quem dá as ordens, travando uma batalha – embora tenha sidoduro para ela – contra o casamento por interesse, resultado de uma sociedade machista e materialista.
A Mulher sempre teve na sociedade um papel de submissão e de inferioridade em relação ao homem. Nestes aspectos, a literatura mundial e, especificamente, a brasileira, através de autores literários como Alencar rompeu as barreiras do universo feminino, dentro do seu estilo: Romantismo no qualprocurara desmistificar este papel.
Atualmente, a mulher vem buscando incessantemente sua identidade, na tentativa de libertar-se dos resquícios patriarcalistas adquiridos historicamente e socialmente, para torna-se autônoma e efetivamente mulher, e não mãe, esposa ou dona de casa.
No século XIX, encontramos em “Senhora”, obra romântica de José de Alencar, uma crítica às contradições da sociedade e doser humano, construindo uma figura feminina, Aurélia, que ora transparece a imagem de um anjo, ora serpente demoníaca. Propositalmente, o autor evidencia no título da obra, a postura inversa da personagem protagonista. Entretanto, Aurélia mesmo sendo uma mulher forte e corajosa, não pode manter essa postura na sociedade e, por isso, Alencar prefere deixar que o perdão de Seixas seja sua redenção.“Senhora” pode ser um marco a identificar um perfil feminino que se rebelou contra as imposições morais e sociais vigentes, servindo como elemento de denúncia, mas está aquém de configurar a identidade feminina na literatura brasileira no campo da emancipação da mulher do domínio masculino.
No século XIX, a mulher tinha o papel de “submissa”, de “obediente” e “serva”, as que ousaram romper com estepapel,como a personagem Aurélia, enfrentaram os tabus para a época em que viveram. Dessa maneira, Alencar é precursor, no que diz respeito à Literatura Brasileira, em retratar a mulher capaz de romper preconceitos e lutar por sua liberdade pessoal, pois as personagens mostradas por ele mais tarde serão aprimoradas por outros autores brasileiros do século XX.
Conclui-se que Aurélia enquanto sereveste da postura masculina, sendo senhora, impregna-se de impureza e para sua purificação foi designada a se redimir e pedir perdão, postulando a “sublimação heróica da paixão” do século XIX, que funcionava como uma ideologia de regulamentação de comportamento social.





Delineamento da pesquisa

Esta pesquisa teve como base obras bibliográficas em relação ao estudo da obra Senhora de José deAlencar que dar a personagem Aurélia liberdade para agir conforme sua vontade dentro do romance. Uma mulher que desdenha a sociedade contrapondo-se à velha e tradicional educação brasileira, onde a mulher era educada para dizer “sim senhor” e “não senhor”, como afirmam alguns críticos quando falam que Aurélia, em certo momento, foi vítima da sociedade quando despossuída de bens e em um outro o sujeitoque vitima a sociedade quando possuidora do capital que tanto era valorizado na época.
Apesar da época, Aurélia foi dona de si em todas as suas ações, mostrou-se superior aos homens e “maltratando”, um deles,mostrou-os a necessidade de se avaliarem por suas qualidades e até defeitos, mas nunca pelo dinheiro.
Será realizado um levantamento de dados que terá como objetivo uma análise da personagemAurélia, ou seja, porque ela se diferenciava das outras mulheres do séc.XIX e a opinião de alguns autores em relação a esse comportamento da protagonista da obra Senhora.
Serão analisados registros onde comprovem esse comportamento diferenciado da personagem Aurélia. E vai ser feita uma comparação entre essa personagem e a mulher atual do séc.XXI.





Quadro Teórico


O romance Senhora começa...
tracking img