Projeto de monografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2506 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA
CENTRO DE STUDOS SUPERIORES DE CAXIAS-CESC
Departamento de Enfermagem

Arlane Silva Chaves

ESTUDO DE CASO DE PACIENTE PORTADOR DE SIRINGOMIELIA

CAXIAS
2010
Arlane Silva Chaves

ESTUDO DE CASO DE PACIENTE PORTADOR DE SIRINGOMIELIA

Estudo de caso realizado no Hospital Gentil Filho apresentado ao Departamento de Enfermagem do CESC-UEMA paraobtenção parcial de nota do curso de Enfermagem Bacharelado.

Preceptor: Ricardo Reis

CAXIAS
2010
INTRODUÇÃO

O termo que dá nome à doença foi cunhado em 1827 por Ollivier D’Angers.
Ela consiste num distúrbio da medula espinhal, muito frequentemente cervical e torácico, onde há a presença de uma cavitação tubular (cisto ou siringe) que se expande continuamente. Esta cavitação podecomunicar-se ou não com o canal central da medula, cheio de líquido semelhante ao líquor, porém, não igual. Sua extensão geralmente parte da medula cervical e pode chegar até a dilatação medular lombossacra.
A siringomielia é uma patologia de evolução lentamente progressiva com exceção da extensão para o bulbo, que causa uma síndrome aguda. Na maioria das vezes e de origem congênita, que consiste numcrescimento intramedular de uma cavidade cística cheia de líquido parecido com o líquor. Outros casos podem cursar a partir de traumatismos, tumores, e aracnóides. É usualmente acompanhada de outros distúrbios com malformação do sistema nervoso central. Dentre eles, o mais importante devido a sua freqüência é a malformação de Arnold-Chiari (invasão do canal cervical das tonsilas cerebelares), queocorre em cerca de 70% dos casos diagnosticados de siringomielia . Em patologias como platibasia, hipoplasia cerebelar associada com hidrocefalia também pode ser notada.
Apesar das várias teorias que tentam explicar o mecanismo etiopatogênico da doença, as duas teorias mais aceitas são as de origem congênita e as de origem por traumatismo. Nos casos cuja origem é congênita, acredita-se que o cistoé originado a partir de um remanescente do canal medular embrionário e que, geralmente não exibe uma comunicação com o IV ventrículo. Nas formas de origem traumática, tem-se dado uma importância muito grande ao parto mal conduzido, onde podem ocorrer lesões medulares com conseqüente formação de um hematoma intramedular e posterior reabsorção deste com formação de uma cavidade cítica.
Atualmentea incidência exata da siringomiela é desconhecida, porém sabe-se que se trata e uma patologia rara. Em termos de prevalência entre sexos, os homens exibem uma taxa maior de acometimento.
A sintomatologia da doença esta relacionada com o nível de comprometimento tanto da substância branca quanto da cinzenta, que com a progressão da doença vão sendo envoltas pelo cisto. Os sintomas geralmentesurgem a partir da terceira década de vida e estão relacionados à topografia da lesão cística, ou seja, dependem basicamente da extensão anatômica de acometimento da medula espinhal.
O início, as porções mais acometidas incluem a comissura anterior da medula cervical, com interrupção das fibras do trato espinotalâmico. Uma vez que o trato espinotalâmico é o responsável pela sensibilidade térmica edolorosa o paciente irá exibir hipoestesia ou anestesia térmica e dolorosa suspensa e bilateral. A sensibilidade tátil é preservada, pelo menos no começo da doença, devido ao não comprometimento das estruturas funiculares posteriores.
À medida que o processo cístico se expande transversalmente, outras regiões da medula cervical podem ser atingidas e, de acordo com a expansão longitudinal, a medulatorácica e mais tardiamente a medula lombossacra podem ser acometidas, adicionando novas manifestações à doença. Pode haver anestesia tátil e vibratória, astereognosia, paresia e amiotrofa de membros, miofascilulações, arreflexia precedida ou não de hiperreflexia, síndrome neurovegetativa, síndrome de Horner etc. Algumas vezes há relatos de dor, principalmente em ombros e pescoço, ou seguindo...
tracking img