Projeto de monografia lei do ficha limpa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (462 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
VIOLÊNCIA: CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS EM PERSPECTIVAS DIFERENTES.



O objetivo deste trabalho é apresentar os pontos divergentes e convergentes dos textos “Oito Temas para Debate – Violência eSegurança Pública” de Alba Zaluar, “A Violência Humana” de Cristina Costa e as letras de músicas: “Muros e Grades” – Engenheiros do Hawaii, “Revanche” – Lobão e “Alagados” – Paralamas do Sucesso.A autora Alba Zaluar, em seu texto, apresenta e questiona algumas das ideias disseminadas nos meios de comunicação de massa e que “justificam” a presença de um alto índice de violência nasociedade brasileira. No texto a pobreza é citada como uma das causas da violência, uma vez que, um estado de necessidade pode levar o ser - humano a praticar atos nocivos à integridade do semelhante. Outroaspecto destacado é a desigualdade social, tendo como base diferencial a renda entre os mais ricos e os mais pobres, sendo visto como um intensificador da violência gerada pela pobreza. Tudo isso unidoao fato do ser - humano ter uma tendência à violência.
Já Cristina Costa aborda a violência de uma forma mais generalizada, diferenciando o grupo humano dos demais animais, e mostrando a origem daviolência humana. A autora tenta, ainda, apresentar algumas evoluções que de certa forma desencadearam ou acentuaram ainda mais essa característica, como por exemplo, o processo de industrialização,os avanços em tecnologia da informação, entre outros.
O compositor Herbert Viana apresenta a cidade do Rio de Janeiro com seus monumentos e favelas, destacando as desigualdades entre quem viveno asfalto e os que moram nas favelas. Realidades que se entrecruzam, mas não se correspondem uma vez que o pensamento do asfalto, na visão da letra da canção, é de asco e pavor em relação à favela e oolhar da favela é de inveja e repulsa ao que o asfalto representa enquanto opressor. Lobão, na música Revanche, expressa uma escravidão sistêmica que impede o ser-humano de rebelar-se e o cenário...
tracking img