Projeto de mestrado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3587 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic] [pic]

ADEMIR BATISTA DA SILVA

A PRÁTICA PEDAGÓGICO-SOCIAL DO ENSINO DE LITERATURA DE LÍNGUA PORTUGUESA NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DE TANGARÁ DA SERRA: Condicionantes e condicionadores sociais da prática pedagógica da literatura.

TANGARÁ DA SERRA
2010

ADEMIR BATISTA DA SILVA

APRÁTICA PEDAGÓGICO-SOCIAL DO ENSINO DE LITERATURA DE LÍNGUA PORTUGUESA NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DE TANGARÁ DA SERRA: Condicionantes e condicionadores sociais da prática pedagógica da literatura.

Projeto de Pesquisa apresentado ao Programa de Pós-Graduação em Letras – Mestrado – Estudos Literários da Universidade do Estado de Mato Grosso como requisitoparcial do processo seletivo do curso.

TANGARÁ DA SERRA
2010

Ser professor não é certamente um produto acabado, um estado final, mas será um permanente tornar-se professor, um processo evolutivo, ao longo do qual as experiências vão ganhando mais significado, o que geralmente se faz acompanhar de um maior envolvimento pessoal por parte do professor.

SãoTomás de Aquino

SUMÁRIO

1. IDENTIFICAÇÃO 3
2. PROBLEMATIZAÇÃO 4
3. JUSTIFICATIVA 4
4. OBJETIVOS 5
4.1 Objetivo Geral 5
4.2 Objetivos Específicos 5
5. HIPÓTESES 6
5.1 Hipótese Primária 6
5.2 Hipótese Secundária 6
6. QUESTÕES A INVESTIGAR 7
7. REFERENCIAL TEÓRICO 7
8. METODOLOGIA DA PESQUISA 10
9. CRONOGRAMA 11
10.REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 12
1 IDENTIFICAÇÃO

Entre ascaracterísticas que nos fazem ser diferente das outras espécies, a capacidade que possuímos de interagirmos no meio social e a expressão verbal são as que parecem ser as mais especiais, ou as que tornam possíveis ultrapassarmos os limites da inteligência sensório-motor para interagirmos na construção do conhecimento.
Investigar sobre a capacidade, inerente ao ser humano, tem sido o foco de váriosestudiosos desde a antiguidade. Hoje, várias áreas desenvolvem estudos sobre esse tema em questão. As novas políticas educacionais, trazidas pelos Parâmetros Curriculares Nacionais, mudaram completamente a concepção do ensino da língua nas escolas, preconizando práticas e atividades escolares mais próximas das práticas sociais letradas e cidadãs.
Faz-se necessário também, uma reflexão acerca desseensino da literatura na atualidade, dentro das escolas e segundo diretrizes que norteiam esse ensino no país: os Parâmetros Curriculares Nacionais.
De acordo com Andrade (2004, p. 11), Um bom professor de língua deveria ser um bom leitor, de modo que a experiência da leitura, o conhecimento e o prazer da literatura constituíssem a experiência do docente e, assim, lhe permitisse a realização de suaautonomia.
Abordando essa temática, Andrade ressalta, ainda, que parece clara a ineficiência de se acreditar que as práticas pedagógicas possam ser conseqüência direta da formação recebida, já que essa formação não está construindo nesse aluno um acervo de leitura que lhe possibilite realizar com desenvoltura sua tarefa de ensino.
Foi com base neste cenário que optei para a segunda linha depesquisa (Literatura e Vida Social nos Países de Língua Portuguesa), pois poderei aliar a vivência histórica da literatura brasileira e o ensino dela nas escolas de ensino médio pública e particular em Tangará da Serra. Assim, resolvi registrar o percurso deste trabalho e transformá-lo no meu objeto de pesquisa de Mestrado, por acreditar que as novas experiências profissionais fazem parte de momentossignificativos da trajetória educacional e, também, podem provocar reflexões em outros professores, ressignificando posturas e direcionando um novo olhar sobre as crenças e concepções de ensino.
Neste sentido, o ensino da literatura no ensino médio contribui para introduzir o aluno à iniciação da pesquisa. Nessa fase, o aluno deve aprender a pesquisar textos literários, fazer análises,...
tracking img