Projeto de intervenção para pessoas com deficiência

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 6 (1394 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SERVIÇO SOCIAL

ACÁSSIA ESTÁCIO PEREIRA















A EVASÃO DOS USUÁRIOS E SUAS CONSEQUENCIAS















PENEDO/AL
2012



ACÁSSIA eSTÁCIO PEREIRA

















A EVASÃO DOS USUÁRIOS E SUAS CONSEQUENCIAS







Trabalho apresentado ao Curso de ServiçoSocial da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina: Estágio Curricular Obrigatório II.
Prof(a). Adarly Rosana Moreira Goes.


















PENEDO/AL

2012




APRESENTAÇÃO


O projeto de intervenção “A Evasão dos Usuários e suas Conseqüências: Uma Análise na Instituição Núcleo de Atenção aos Deficientesde Penedo”, o objetivo foi conscientizar os pacientes e seus cuidadores que em sua grande maioria são familiares como pais, irmãos, avós, tios e primos. Sendo esses pacientes atendidos no Núcleo de Atenção aos Deficientes de Penedo (NUDEPE), localizado na Avenida Wanderley, n 239, bairro centro, Penedo AL. O NUDEPE promove a reabilitação de pessoas com deficiência, na sua capacidade funcional ede desempenho humano, de modo a contribuir para a inclusão social, através da oferta de serviços médicos e terapêuticos na área neurossensorial.
Conforme a observação no Estágio Supervisionado II, a instituição sofre com a problemática da evasão dos usuários, ou seja, situações de interrupção do tratamento temporariamente ou definitivamente, sem que haja indicação para tal encaminhamentopor parte do terapeuta. As pessoas com deficiência, geralmente, dependem dos seus cuidadores, os quais precisam mudar suas vidas para se dedicar a cuidar da pessoa com deficiência. Desta forma, os cuidadores acabam negligenciando a assistência prestada, em detrimento da assiduidade do paciente. Outra hipótese é o fato de que tanto o progresso e o recrudescimento dos casos tratados sãoessencialmente paulatinos, o que dificulta a percepção por parte dos cuidadores, de forma imediata, tanto dos avanços quanto das regressões, levando-os, muitas vezes, à banalização dos serviços terapêuticos por eles recebidos.
Muitos usuários não retornam para o atendimento ou abandonam prematuramente as terapias, sendo que a maioria dos casos de desistência acaba solicitando retorno de atendimento,necessitando reiniciar o processo diagnóstico e encaminhamentos (GOLDENBERG, 2002), o que causa gastos econômicos, psíquicos e sociais.
Quanto à eficácia terapêutica, a questão da evasão aos tratamentos se constitui como um importante problema de saúde que necessita de uma atenção específica, no sentido do preparo profissional e do planejamento dos serviços de saúde em relação aodesenvolvimento de intervenções voltadas para os grupos vulneráveis. (BENETTI & CUNHA, 2008) Assim, a identificação das situações potencialmente associadas a um maior risco de abandono permite o desenvolvimento de ações preventivas tanto para o paciente como para o treinamento do profissional.
Devido à problemática diagnosticada, viu-se a necessidade de desenvolver um projeto de intervenção quefocasse na sensibilização dos usuários faltosos e prevenção para que outros não seguissem os mesmos passos.



























JUSTIFICATIVA

Tendo as terapias muitas vezes um lento processo de evolução presente em alguns usuários, torna-se difícil a percepção imediata por parte dos cuidadores e usuários, levando assim a banalização dos serviçosterapêuticos por eles recebidos. O objetivo desse projeto de intervenção é promover a sensibilização dos usuários e de seus cuidadores (pai, mãe, pessoa responsável pelo usuário), sob a importância de dar continuidade ao processo de tratamento neurossensorial.
O projeto de intervenção terá como foco os usuários que interromperam esse processo, e os usuários que estão em tratamento, assim como seus...
tracking img