Projeto de implantação da análise e seleção por competência na empresa glamour

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4493 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Unidade: Limeira

Curso: MBA Gestão de Pessoas

Disciplina: Desenvolvimento Organizacional

Nome: Simara Barcelos Mendes de Oliveira

Projeto de implantação da análise e seleção por competência na empresa Glamour

1. Introdução teórica da história da evolução da área de Recursos Humanos / RH

O mundo está mudando a cada dia de forma intensa e com uma rapidezsurpreendente, são mudanças econômicas, tecnológicas, sociais, culturais, legais, políticas, demográficas e ecológicas e que geram incertezas nas organizações. O setor de Recursos Humanos é uma das áreas que mais se transforma devido a esses fatores.
No século XX surgiu o RH – Recursos Humanos e os profissionais desta área eram conhecidos como “chefes de pessoal” tinham por atribuições “contabilizar” osregistros dos trabalhadores, as faltas e os atrasos, suas características eram a inflexibilidade, o estrito seguimento das leis e normas internas e eram conhecidos por serem donos de uma frieza incalculável, principalmente na hora de demitir funcionários. Quando um trabalhador era comunicado que deveria comparecer ao Departamento de Pessoal / DP imaginava que seria demitido, fato este ocorrido pormuito tempo e que persiste em algumas empresas até os dias atuais . A primeira mudança neste cenário ocorreu através de investimentos, feitos pelas grandes organizações, em estudos e pesquisas - área da psicologia organizacional e da sociologia no trabalho, para que, por exemplo, “os chefes de pessoal” vissem os trabalhadores não como simples objetos descartáveis, mas como seres humanos.
Noinício do século XX o engenheiro americano Frederick W. Taylor escreveu em seus livros, de 1903 e 1906, a busca pela maximização da eficiência na produção. Suas propostas básicas são as cinco funções essenciais da “Gerência administrativa”: Planejar, Comandar, Organizar, Controlar e Coordenar . Seguindo seus passos, defendendo suas teorias, o francês Henri Fayol lançou, em 1916, o livro“Administração”. Fayol relacionou quatorze princípios básico que podem complementar aos de Taylor, são eles: Divisão do trabalho, Autoridade e responsabilidade, Unidade de comando, Unidade de direção, Disciplina, Prevalência dos interesses gerais, Remuneração, Centralização, Hierarquia, Ordem, Eqüidade, Estabilidade dos funcionários, Iniciativa e Espírito de corpo .
A administração operava à base de força eautocratismo, já na década de 1920, o novo desafio foi o modelo de administrar tendo como base a relação entre empresa e seus respectivos funcionários, preocupar-se com o indivíduo e suas necessidades, pois entendia que a simples satisfação no trabalho geraria a eficiência e teria o aumento da produtividade pela eliminação de conflitos e custos. Prevalece o Behaviorismo, cuja base era fundamentadano comportamento humano, porém existia a singeleza e o empirismo.
Em 1940 nos USA, Elton Geroge Mayo, criador da Teoria das relações humanas e mais recentemente com novas idéias a Teoria do comportamento organizacional encaminhou o movimento de reação e oposição a Teoria da administração clássica, devido à necessidade de humanizar e democratizar a administração, desenvolver as ciências humanas(psicologia e sociologia), às idéias da filosofia pragmática de John Dewey e da psicologia Dinâmica de Kurt Lewin e as conclusões do Experimento de Hawthorne, com ênfase nas pessoas .
Os primeiros estudos sobre a liderança, democracia no trabalho e motivação humana surgiram em 1945, nesta fase a função de chefe de pessoal se entrelaçou com as teorias de Mcgregor, Barnard e outros – valorização dafunção de “cuidar do pessoal”, o chefe de pessoal precisou se preocupar ainda mais com o funcionário e com a organização, pois nesta época surgiram as questões legais e sindicais - decreto-lei nº 5.452 em 1º de maio de 1943, que resultou na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). O Chefe de pessoal passou a ser um gerente de pessoal, porém, ele continuava diretamente ligado às relações...
tracking img