Projeto de cabeamento de redes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7126 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO DE CABEAMENTO DE REDES
ARTIGO SOBRE NORMAS TÉCNICAS. ANSI/EIA/TIA 568. 569, 606 e 607, NBR 14565 e ISSO 11801.
GLAUBER DE SOUZA RAMALHO

RESUMO:

Introdução: Com o crescimento do uso das redes locais de computadores e a agregação de novos serviços ditos de multimídia, acabou-se ditando a necessidade de se estabelecer critérios para ordenar e estruturar a cabeamento dentro dasempresas. Assim, normas e procedimentos foram propostas por comitês como os da EIA/TIA, NBR ou ISO/IEC.
 Serão vistos, neste trabalho outros aspectos que dizem respeito ao assunto, tais como: o tratamento do código de cores para sistema de cabeamento UTP, os padrões de cabeamento para redes locais de alta velocidade, gerenciamento destes sistemas, os espaços e caminhos, a administração, normas deaterramento e outros...

Sistemas de Cabeamento Estruturados EIA/TIA 568A e B.

ANSI / TIA / EIA 568A
Código de cores para sistemas de cabeamento UTP
A EIA/TIA 568A define um sistema de codificação com quatro cores básicas, em combinação com o branco, para os condutores UTP de 100 Ohms, assim como a ordem dos pares no conector RJ-45, conforme ilustrado na figura 12.
Código de cores decabeamento UTP 100 Ohms segundo o padrão EIA/TIA 568A

PINO | CORES |
1 | BRANCO-VERDE |
2 | VERDE |
3 | BRANCO-LARANJA |
4 | AZUL |
5 | BRANCO-AZUL |
6 | LARANJA |
7 | BRANCO-MARROM |
8 | MARROM |
PADRÕES DE CABEAMENTO PARA REDES LOCAIS DE ALTA VELOCIDADE
O IEEE (Institute of Electrical and Electronic Engineering) estabeleceu, recentemente, novos padrões para redes locais de altavelocidade a 100 Mbps: IEEE 802.3 100base-T / Fast Ethernet e 802.12/ 100VGANYLAN.
O Padrão IEEE 802.3 100base-T é uma tecnologia de rede local de alta velocidade a 100 Mbps baseado no método de acesso CSMA/CD que inclui:
a) 100BASE-TX: 2 pares de fios UTP Categoria 5 ou 2 pares tipo STP;
b) 100Base-FX: 2 fibras ópticas de 62,5/125 mm multimodo;
c) 100Base-T4: 4 pares de fios UTP categoria 3 ou 5.O IEEE 802.12 100VGAnyLAN pode suportar, tecnicamente, distâncias maiores para os cabos UTP e STP, numa solução proprietária. Entretanto, o uso desta tecnologia para distâncias maiores que 90m, especificada pelo padrão, conduz a uma violação da norma EIA/TIA 568A.
Os padrões 100Base-TX, IEEE 802.12 100VG e EIA/TIA 568A, incluem suporte para cabos STP tipo 1A ou B de 150 Ohms, mas ninguém pareceestar mais instalando-os.
O Fórum ATM publicou a especificação para suportar 155 Mbps ATM em cima do padrão EIA/TIA 568A, categoria 5-UTP. Originalmente especificado para suportar somente fibra, a interface ATM a 155 Mbps com o suporte adicional para cobre tende a reduzir significativamente os preços para o hardware ATM.
A migração de tecnologias dentro de uma corporação não é uma tarefasimples, necessitando de investimentos e, muitas vezes, de mudança na infraestrutura básica de cabeamento. Muitas empresas, hoje, ainda convivem com tecnologia de cabeamento baseada em cabo coaxial. Apesar de ser uma tecnologia simples, barata e relativamente fácil de instalação e manutenção, ela torna-se um estrangulamento nas mudanças tecnológicas. Por exemplo; o velho e ultrapassado cabo coaxial10base2 de 10 Mbps não suporta mais tecnologias a 100 Mbps tipo Fast Ethernet. A utilização de cabeamento UTP e fibra óptica, normatizada pela EIA/TIA 568A é quase que um selo de garantia para o funcionamento adequado deste novo tipo de tecnologia de redes locais a 100 Mbps.
Apesar de sua grande importância na estruturação de sistemas de cabeamento prediais para redes de 10 ou 100 Mbps, a normaEIA/TIA 568A ainda é pouco utilizada, provavelmente por falta de informações de vendedores e técnicos da área. Por exemplo, dobrar cabos e fios, apertar em demasia as cintas que agrupam um conjunto de cabos, exceder as limitações de distância, utilizar categoria de cabos inadequada para determinadas aplicações, decapar o revestimento do cabo UTP Categoria 5 mais que ½ polegada, são erros grosseiros...
tracking img