Projeto de banco de dados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1442 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Projeto de Banco de Dados
• Atividade de modelagem de dados em diversos níveis de abstração • Modelagem conceitual (projeto conceitual)
– abstração de mais alto nível
• objetivo: representação dos requisitos de dados do domínio

– independente de modelo de BD

• Modelagem lógica (projeto lógico)
– representação da modelagem conceitual em um modelo de BD – ênfase na eficiência dearmazenamento
• evitar: muitas tabelas (e junções); tabelas sub-utilizadas, ...

• Modelagem física (implementação)
– esquema SQL para a modelagem lógica
• dependente de SGBD

– ênfase na eficiência de acesso
• implementação de consultas, índices, ...

Modelagem Conceitual
• Vantagens
– independente de detalhes de implementação em um SGBD
• facilita a compreensão da semântica dos dados de umdomínio • melhor compreendido por usuários leigos

– pode ser mapeado para qualquer modelo lógico de BD – facilita a manutenção do modelo lógico e a migração para outro modelo lógico
• processo de engenharia reversa

1

Modelo Entidade-Relacionamento
• Modelo definido por Peter Chen em 1976
– diversas extensões e notações foram definidas com o passar do tempo

• Padrão para modelagemconceitual de BD
– modelo simples
• poucos conceitos

– representação gráfica
• fácil compreensão

• Um esquema conceitual de dados é também chamado de esquema ER ou diagrama ER

Conceitos do Modelo ER
• Entidade
– abstração de um fato do mundo real para o qual se deseja manter seus dados no BD – simbologia: retângulo nomeado
• denota um conjunto de ocorrências do fato

e3Empregados
(representação gráfica)

e1 e2 e4 e5

e6 e7

e8

(interpretação)

2

Conceitos do Modelo ER
• Relacionamento
– abstração de uma associação entre (ocorrências de) entidades – simbologia: losango nomeado
• denota um conjunto de ocorrências de relacionamentos

Empregados

lotação
(representação gráfica)

Departamentos

Conceitos do Modelo ER
e3 e1 e2 e4 e6 e7 e5 e8entidade EMPREGADOS

e1,d1

e2,d1 e4,d2

e5,d3

relacionamento LOTAÇÃO

d1

d2

d3

entidade DEPARTAMENTOS

(interpretação)

3

Conceitos do Modelo ER
• A definição de um relacionamento envolve
– cardinalidade máxima
• quantidade máxima de ocorrências de entidades que podem estar associadas a uma ocorrência de outra entidade (1 ou N) N Empregados lotação 1 Departamentos“um empregado está lotado no máximo em 1 departamento. Um departamento tem até N empregados lotados nele.”

Conceitos do Modelo ER
• Exemplos de cardinalidades máximas
1 Empregados gerência 1 Departamentos N
participação

N Empregados

Projetos

1 Empregados
coordenação

2 Projetos

4

Conceitos do Modelo ER
• A definição de um relacionamento envolve
– cardinalidade mínima
•indica se a participação das ocorrências de entidades no relacionamento é obrigatória ou opcional
notação de par de cardinalidades: (mínima, máxima)

(0,N) Empregados lotação

(1,1) Departamentos

“um empregado obrigatoriamente está lotado no máximo em 1 departamento. Um departamento pode ter até N empregados lotados nele.”

Conceitos do Modelo ER
• Exemplos de cardinalidades completas(0,1) Empregados gerência (0,1) Departamentos (0,N)
participação

(0,N) Empregados

Projetos

(1,1) Empregados

(0,2) Projetos

coordenação

5

Conceitos do Modelo ER
• Auto-Relacionamento
– representa uma associação entre ocorrências de uma mesma entidade – exige a identificação de papéis
supervisor (0,1)

Empregados

supervisão

papéis

(0,N) supervisonado

“umempregado pode ser supervisionado por no máximo 1 empregado. Um empregado pode supervisionar no máximo N empregados.”

Conceitos do Modelo ER
p3 p1 p6 p2 p4 p5 p7 entidade p8 EMPREGADOS

supervisor supervisor supervisionado

supervisionado relacionamento SUPERVISÃO

p1,p3 p6,p8

(alguns exemplos)

(interpretação)

6

Conceitos do Modelo ER
• Relacionamento “N”-ário
– abstração de...
tracking img