Projeto alevitanque

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2579 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Dados sobre o Processo de Implantação da Aquicultura no Lago de Tucuruí
Considerando o contato feito com a EMATER, através do ESCRITÓRIO LOCAL DE TUCURUÍ, pelo Engenheiro de Pesca Sr Luíz Herique Vilaça (Coordenador Geral de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura em Águas de União Continentais/COAC)-MPA.
Á EMATER – PARÁ, através do ESCRITÓRIO LOCAL DE TUCURUÍ, baseado no seu trabalho juntoàs famílias agricultoras que tem o Lago de Tucuruí, como espaço de trabalho, vida e produção. Vem por meio desta carta, apresentar uma série de informações sistematizadas nas práticas de ATER de assessoria às famílias e as organizações sociais:
i) Em espaços coletivos (Conselhos Municipais, Fóruns regionais, seminários, reuniões com organizações da sociedade civil e instituições públicasdiretamente envolvidas no processo de implantação da aquicultura, por exemplo, ELETROBRÁS/ELETRONORTE, SEPAq-PA, INCRA, SEMA-PA);
ii) Em espaços individuais (atendimento as demandas das famílias);
O reconhecimento da espécie do TAMBAQUI é apenas um dos entraves para a implantação da aquicultura na região. Essa é uma avaliação da EMATER bem como de outras instituições, como cita o e-mail enviado essasemana ao MPA, pelo Sr. José Cláudio Sassi Junior (Zootecnista da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico). Conforme detalharemos a seguir.
1. Com relação às informações solicitadas:
Não dispomos das informações em Tucuruí, referente à produção do TAMBAQUI nos 07 municípios que formam o entorno do Lago, no entanto os escritórios locais da EMATER estão fazendo um levantamento de dados e embreve encaminharemos ao MPA.
Com relação ao município de Tucuruí:
Temos os dados de desembarque pesqueiro coletado pela Eletronorte de 2000 até 2006, em que consta desembarque de Tambaqui. Os dados de 2006 – 2012 foram solicitados à Eletronorte, entretanto não nos foi disponibilizado até o momento. A informação é que somente a Eletronorte de Brasília poderia repassar os dados. Atente para osdados de desembarque de 2005 em que consta a captura de 12800 kg de tambaqui. (ver arquivos em anexo)
Em relação à aquicultura, temos o cadastro de alguns produtores da região, a EMATER não acompanhou, mas temos a informação de que o MPA realizou em Tucuruí um senso aquícola (2009 ou 2010). A secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico acompanhou o visitador em diversas propriedades, no entantonão possui arquivos com essas informações.
A situação que ocorre é que existem muitos pequenos produtores que produzem TAMBAQUI, entretanto omitem a informação ou mesmo são desconhecidos por nós Prefeitura, EMATER para que deste modo possamos obter dados mais concretos, visto que a atividade necessita de regularização.
Abaixo segue uma lista com amostragem de produção de TAMBAQUI em tanqueescavado de médios produtores nos municípios de Tucuruí, Breu Branco e Goianésia:
Sr. José Rios: trabalha com recria (05 toneladas/ano)
Sr. Galvão: trabalha com recria e engorda (05 toneladas/ano)
Sr. Nonato: trabalha com engorda de tambaqui: (24 toneladas/ano)
Sr. Trajano: trabalha com engorda de tambaqui: (10 toneladas/ano)
Sr. Davi Sato: iniciando engorda: capacidade de produção (50toneladas/ano)
Sr. Cláudio: trabalha com engorda de tambaqui (50 toneladas/ano)
Sr. Jair Ribeiro: trabalha com engorda (20 toneladas /ano)
Sr. Leomar Alves Martins: trabalha com engorda (12 toneladas/ano)
Sr Leonardo Pinto Brito: trabalha com engorda (12 toneladas/ano)
Sr Gilberto Vaz: trabalha com engorda (20 toneladas no ano de 2012)
A produção da pirapitinga/tambaqui é comercializada na região e oexcedente em Marabá e Belém dependendo do período do ano. Os preços da pirapitinga são praticamente os mesmos do TAMBAQUI o que diferencia é a aceitação da população. Hoje os mercados/feira da região pagam aos produtores de R$6,00 a R$6,50 o kg do peixe inteiro e este é repassado aos consumidores a cerca de R$8,50 até R$12,00 / kg. Em Belém pode chegar até R$ 15,00 /kg.
A produção regional não...
tracking img