Projeto acolhimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1418 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Projeto de Acolhimento com Avaliação e Classificação de Risco do Hospital de Saúde Mental de Messejana
Enviado por Anônimo, sex, 16/01/2009 - 14:18
1. INTRODUÇÃO Os avanços da psiquiatria geral implicaram na necessidade das emergências dos hospitais psiquiátricos se capacitarem para lidar com situações específicas que requerem intervenção terapêutica imediata e de ampla abrangência, tais como,abuso de substâncias, violência sexual praticada contra crianças e adultos, problemas decorrentes da síndrome de imunodeficiência adquirida, os mais variados problemas de ordem social e, não raro, problemas de ordem jurídica (SADOCK). Atualmente o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Hospital de Saúde Mental de Messejana (HSMM) tem se constituído como um dos dois principais serviços de prontoatendimento em psiquiatria no Estado do Ceará. Em virtude disto, paulatinamente se observa uma intensificação do afluxo de usuários a este serviço. No entanto, o crescente número de atendimentos realizados no SPA do HSMM não foi acompanhado da imprescindível reforma do serviço, quer pela ampliação e aprimoramento dos recursos humanos, quer pela ampliação e adequação do espaço físico, quer pelaaquisição de tecnologias mais resolutivas. Tal descompasso tem redundado num sério comprometimento da qualidade do atendimento prestado aos utentes, bem como num ambiente inóspito para o trabalho a ser realizado pelos profissionais da área. Por conseguinte, o serviço se encontra bastante defasado em relação à implementação da prática de Acolhimento com Avaliação e Classificação de Risco requerida pelaPolítica Nacional de Humanização (PNH) do Sistema Único de Saúde (SUS). Esta defasagem pode ser ela própria indicada senão como causa, pelo menos como elemento mantenedor do atual processo de desorganização por que passa o serviço uma vez que, até então, este continua a fundamentar seu funcionamento a partir do entendimento e prática tradicionais de acolhimento. Ou seja, o SPA do HSMM temproporcionado a seus utentes um acesso aos serviços tal como é caracterizado na Cartilha da PNH como “organizado burocraticamente a partir de filas por ordem de chegada, sem avaliação do potencial de risco, agravo ou grau de sofrimento” (p.7). Assim sendo, se for considerado que o SPA do HSMM é uma das portas de entrada dos aparelhos de saúde, urge reformulá-lo no sentido de introduzir e incrementarneste serviço o entendimento e a prática do Acolhimento com Avaliação e Classificação de Risco. O que se visa com isto é alcançar maior presteza e eficácia na atenção dedicada aos utentes através de intervenções capazes de promover e assegurar a saúde destes, bem como a dos profissionais do serviço. Para tanto, elaboramos o presente projeto com o intuito de propor soluções que estejam em consonânciacom a PNH do SUS. Além disto, esclarecemos que ao considerar a complexidade das dificuldades ora enfrentadas neste serviço este plano teve de contemplar ações de caráter imediato e mediato.
2. OBJETIVOS
2.1 OBJETIVOS IMEDIATOS 2.1.1 Compor uma equipe multiprofissional dedicada a estudar, discutir, estruturar e executar o Acolhimento com Avaliação e Classificação de Risco o SPA.
2.1.2 Promoverencontros semanais desta equipe para discussão e reorganização do SPA pela introdução da prática de Acolhimento com Avaliação e Classificação de Risco. 2.1.3 Instalar uma Central Provisória de Acolhimento nas dependências do SPA posicionada de forma a se constituir como primeiro acesso de todo utente que busque atendimento de qualquer natureza no SPA.
2.1.4 Equipar uma Sala Provisória deAtendimento em Enfermagem para dar início às avaliações e classificações do grau de risco e vulnerabilidade dos utentes do SPA.
2.1.5 Equipar uma Sala Provisória para Atendimento de Assistência Social com sistema de informações para agendamento de consultas nos CAPS, ambulatórios especializados e encaminhamentos específicos.
2.1.6 Dar início ao atendimento nas salas provisórias seguindo as...
tracking img