Programa de controle medico em saude ocupacional (pcmso)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3255 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA TÉCNICA MOGIANA



CAMILA PERES GARCIA
DANIEL DE MELO ARAÚJO
EDSON FERREIRA FRANCO
TATIANA RODRIGUES












PROTEÇÃO DA CABEÇA, AUDITIVA, DE MEMBROS INFERIORES E PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS COM DIFERENÇA DE NÍVEL
















MOGI DAS CRUZES-SP
NOVEMBRO/2012
ESCOLA TÉCNICA MOGIANA


CAMILA PERES GARCIA
DANIEL DE MELO ARAÚJO
EDSON FERREIRAFRANCO
TATIANA RODRIGUES











PROTEÇÃO DA CABEÇA, AUDITIVA, DE MEMBROS INFERIORES E PROTEÇÃO CONTRA QUEDAS COM DIFERENÇA DE NÍVEL




















Trabalho de pesquisa apresentado no Curso Técnico em Segurança do Trabalho Manhã, com exigência parcial para aprovação nas disciplinas: Noções de Informática, Administração,Segurança do Trabalho, Leitura e Produção de Texto e Legislação Trabalhista.









MOGI DAS CRUZES-SP
NOVEMBRO/2012















































“Digitar uma frase, pensamento ou citação,
relacionado ao tema em questão.”
(Nome do Autor)
RESUMO




A segurança faz parte da esperança de um futuro melhor. Preveniracidentes é caminhar rumo ao futuro.




Não há trabalho tão urgente nem lazer tão importante , que não possa ser feito com segurança.
Dr Jorge Lordello

INTRODUÇÃO



O que é EPI ?

Os EPI ou E.P.I, são os equipamentos de proteção individuais, destina-se a proteger a integridade física do trabalhador durante a atividade de trabalho.
Qual sua função ?
Neutralizar ou atenuar umpossível agente agressivo, contra o corpo do trabalhador que o usa.
Os E.P.I, evitam lesões ou minimizam a sua gravidade, em casos de acidentes ou exposições à riscos, também podem nos proteger contra efeitos de substâncias tóxicas, alérgicas ou agressivas, que podem causar as chamadas doenças ocupacionais.
Quando deve ser usado ?LEGISLAÇÃO



Conforme no cap.V da CLT que fala da segurança e medicina do trabalho, pertaria 3.214 de 8-6-1978 que aprova as normar regulamentadoras – NR deste capitulo.

Art .157 .Cabe às empresas:

I - Cumprir e fazer cumprir as normas de segurança e medicina do trabalho;
II – Instruir ao empregados, atraves de ordens de serviço, quanto às precauções a tomar no sentido de evitar acidentes dotrabalho ou doenças ocupacionais;
III – Adotar as medidas que lhe sejam determinadas pelo órgão regional competente;
IV – Facilitar o exercicio da fiscalização pela autoridade competente.

Art. 158.Cabe aos empregados:

I – Observar as normas de segurança e medicida do trabalho, inclusive as instruções de que trata o item II do artigo anterior.
II – Colaborar com a empresa na aplicação dosdispositivos deste capitulo.



. NORMA REGULAMENTADORA - NR 1
. DISPOSIÇÕES GERAIS
1.1. As Normas Regulamentadoras - NR, relativas à segurança e medicina do trabalho, são de observância obrigatória pelas empresas privadas e públicas e pelos órgãos públicos da administração direta e indireta, bem como pelos órgãos dos Poderes Legislativo e Judiciário, que possuam empregados regidos pelaConsolidação das Leis do Trabalho - CLT.
1.1.1. As disposições contidas nas Normas Regulamentadoras – NR aplicam-se, no que couber, aos trabalhadores avulsos, às entidades ou empresas que lhes tomem o serviço e aos sindicatos representativos das respectivas categorias profissionais.
1.2. A observância das Normas Regulamentadoras - NR não desobriga as empresas do cumprimento de outras disposiçõesque, com relação à matéria, sejam incluídas em códigos de obras ou regulamentos sanitários dos estados ou municípios, e outras, oriundas de convenções e acordos coletivos de trabalho.
1.3. A Secretaria de Segurança e Saúde no Trabalho - SSST é o órgão de âmbito nacional competente para coordenar, orientar, controlar e supervisionar as atividades relacionadas com a segurança e medicina do...
tracking img