Programa agente jovem de desenvolvimento social e humano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1750 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SERVIÇO SOCIAL

ALINI VIEIRA RODRIGUES MARQUES








PROGRAMA AGENTE JOVEM DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E HUMANO











Campos dos Goytacazes RJ
2010


ALINI VIEIRA RODRIGUES MARQUES








PROGRAMA AGENTE JOVEM DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E HUMANO











Trabalho apresentado ao Curso de Serviço Socialda UNOPAR – Universidade Norte do Paraná, para a disciplina de Planejamento Social.
Orientador: Prof.ª Rosane Ap. Belieiro Malvezzi.








Campos dos Goytacazes RJ
2010

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO........................................................................................04DESENVOLVIMENTO............................................................................05

CONCLUSÃO.........................................................................................10

BIBLIOGRAFIA.......................................................................................11






O presente trabalho busca refletir sobre o referido projeto de intervenção (Agente Jovem), também analisá-lo tendo como referência as aproximações deMyrian Veras Baptista. Verificando e discorrendo sobre a existência das operações dinâmicas de reflexão – decisão – ação – retorno da decisão sugerida pela mesma. Onde não só no seguinte projeto, mas em todos projetos de intervenção existentes busca-se e há necessidade da elaboração dos mesmos seguido o roteiro de operação dinâmica para que haja um bom desenvolvimento e acima de tudo que atenda ademanda pela qual tenha sido elaborado o mesmo.




















O Programa Agente Jovem é uma ação de assistência social destinada a jovens entre 15 e 17 anos, visando ao desenvolvimento pessoal, social e comunitário. Proporciona capacitação teórica e prática, por meio de atividades que não configuram trabalho, mas que possibilitam a permanência do jovem no sistema deensino, preparando-o para futuras inserções no mercado de trabalho.
O Ministério de Desenvolvimento Social e Combate a Fome, através da Secretaria Municipal de Ação Social formaliza a instalação do programa, e concede diretamente ao jovem uma bolsa de R$ 65,00 (sessenta e cinco reais), durante os 12 meses em que ele estiver inserido no programa e atuando em suacomunidade.
Como os demais programas de transferência de renda, o Programa Agente Jovem também exige uma série de condicionalidades para a incorporação desses jovens ao Programa. O pertencimento a famílias com renda “per capta” de até meio salário mínimo e preferencialmente, que esses jovens sejam egressos de outros programas, como Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Programas deAtendimento à Exploração Sexual, jovens em situação de conflito com a Lei e portadores de deficiência, por exemplo.
A priori, a proposta do Programa se propunha capacitar os jovens durante doze meses através de atividades teóricas e práticas na sua comunidade, mediante o desenvolvimento de atividades que não se configurassem como atividades laborais, de forma a possibilitar a sua permanência nosistema educacional e simultaneamente preparando esses jovens para o momento de ingresso no mercado de trabalho.
Neste sentido, o projeto tem por objetivos criar condições para a inserção, reinserção e permanência do jovem no sistema de ensino, promover sua integração à família, à comunidade e a sociedade, preparar o jovem para atuar como agente de transformação e desenvolvimento de sua comunidade,contribuir para a diminuição dos índices de violência, uso de drogas, DSTs e gravidez não planejada, desenvolver ações que facilitem sua integração e interação, para quando estiver inserido no mercado de trabalho e também fornecer aos jovens, fundamentos conceituais que despertem a consciência e prática de cidadania e preservação ambiental.
O referido projeto tem sua concepção a partir do...
tracking img