Programação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6472 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
XXXI ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO
Inovação Tecnológica e Propriedade Intelectual: Desafios da Engenharia de Produção na Consolidação do Brasil no Cenário Econômico Mundial
Belo Horizonte, MG, Brasil, 04 a 07 de outubro de 2011.

SIMULAÇÃO EM PLANILHAS PARA PROGRAMAÇÃO DE ORDENS DE PRODUÇÃO EM SISTEMAS JOB SHOP
Leonel Jose Girotti (POLI - USP) leonel.girotti@usp.br VivianeSatie Nishimura (POLI - USP) vivi_nishimura@yahoo.com.br Marco Aurelio de Mesquita (POLI - USP) marco.mesquita@poli.usp.br

Sistemas de programação com capacidade finita dos recursos constituem uma alternativa interessante para a programação detalhada da produção. Neste artigo, apresenta-se um protótipo desenvolvido em planilhas que, via simulação por eventos diiscretos, realiza a programaçãodetalhada das operações em um ambiente de produção do tipo Job Shop. Primeiramente, utilizam-se três das mais reconhecidas regras de despacho (FIFO, SPT e EDD), além do emprego da técnica chamada carregamento lateral, para gerar soluções iniciais do problema. A partir daí, o usuário pode modificar qualquer das sequências anteriores, gerando novas soluções. Todas podem ser comparadas mediante o uso deindicadores e gráficos de Gantt. Destaca-se que, devido à facilidade de visualização gráfica e interação com o usuário, o modelo proporciona uma visão integrada do problema de programação detalhada. Ainda que seja apenas um protótipo, oferece um panorama global das especificações e funcionalidades necessárias de um sistema profissional de programação da produção. Palavras-chaves: programação deoperações; job shop; regras de despacho; simulação em planilha.

XXXI ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO
Inovação Tecnológica e Propriedade Intelectual: Desafios da Engenharia de Produção na Consolidação do Brasil no Cenário Econômico Mundial
Belo Horizonte, MG, Brasil, 04 a 07 de outubro de 2011.

1. Introdução A habilidade de planejar e controlar as operações muitas vezes é adiferença entre sucesso ou fracasso em empresas de manufatura (VOLLMANN et al. 1997). A Teoria da Programação de Operações (Scheduling) contribui fornecendo modelos para tomada de decisão na Programação Detalhada da Produção, proporcionando maior eficiência na programação e controle das operações (CONWAY; MAXWELL & MILLER, 1967; MORTON & PENTICO, 1993; PINEDO, 1995; BAKER, 1997). O enfoque predominante deprogramação nas empresas de manufatura envolve o uso de sistemas MRP. É sabido que esta lógica apresenta algumas deficiências especificamente na programação detalhada em ambientes de produção contra pedido com múltiplos roteiros. A mais importante decorre do fato de considerar capacidade infinita dos recursos, ao utilizar lead times fixos para a produção dos produtos. Sistemas de programação comcapacidade finita surgem como uma abordagem alternativa, considerando tempos de fila variáveis e a disponibilidade efetiva dos recursos. Atualmente, as ferramentas de programação finita são oferecidas em pacotes de software conhecidos no mercado pela sigla APS - Advanced Planning and Scheduling. A complexidade da otimização na programação de operações está associada à natureza combinatória doproblema. Para uma mesma configuração de layout de máquinas, podem ser definidos diferentes objetivos, como minimizar o tempo total de conclusão das ordens, minimizar atrasos, etc. Definidos a configuração e o objetivo do problema, busca-se um método eficiente que proporcione soluções boas (não necessariamente ótimas) dentro do geralmente vasto espaço de soluções. Apesar de toda a contribuiçãoacadêmica da área de Scheduling, o uso das técnicas e algoritmos desenvolvidos ainda é limitado em ambientes reais de produção. Frequentemente, os gerentes de produção tomam decisões de sequenciamento de forma relativamente empírica. Os custos e limitações dos softwares de programação finita disponíveis são fatores inibidores à difusão de técnicas de programação (HARRISON & PETTY, 2002). A técnica da...
tracking img