Profuncionario infraestrutura modulo 10

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1060 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIDADE 1
O QUE É ISSO A QUE CHAMAMOS ESPAÇO?

Nesta unidade estudamos os variados conceitos de espaço segundo os filósofos Rene Descartes e Immanuel Kant, que serviram de ponto de partida para muitos outros pensadores, como Jean Piaget. O movimento, a vida humana, é o gerador da ideia de espaço. E para termos a percepção deste espaço, utilizamos os sentidos: paladar, olfato, tato, audição,visão. Observamos que representações podem ser de vários tipos, como palavras, mapas, desenhos, fotografias, desenhos e modelos reduzidos , estas duas últimas usadas para pensar a arquitetura, onde está o espaço escolar, vimos ainda as etapas a que se refere um projeto de edificação.

Pratique.
Vamos então, fazer um pequeno exercício de observação de nosso próprio corpo, prestando atenção nosmovimentos que fazemos. Imagine que estamos sentado e quietos. Mas estamos respirando e, para respirar, fazemos um pequeno movimento com nosso peito e com a barriga.
Faça uma lista dos movimentos visíveis do corpo quando vamos trabalhar e enquanto estamos fazendo nosso trabalho, conforme as tarefas de cada um.
Ao nos dirigirmos ao nosso local de trabalho, podemos notar principalmente o movimentocausado pelo caminhar de nossa residência até a escola. Ao executar as tarefas também caminhamos de uma dependência a outra do colégio, realizamos diversos movimentos com os braços para varrer, tirar a poeira, nos levantamos e abaixamos na execução das tarefas.


UNIDADE 2
O EDIFÍCIO ESCOLAR
Nesta unidade vimos que a escola pode ser compreendida como um conjunto articulado de atividades eespaços, onde as atividades de ensino e aprendizagem implicam na utilização de salas, terrenos e áreas físicas. A articulação entre as unidades escolares é responsável pela imagem que fazemos da escola, que é tratada na proposição da arquitetura do edifício, tarefa que cabe inicialmente às instituições que cuidam do planejamento escolar definindo as necessidades físicas, e também aos arquitetos ouengenheiros, que cuidam da elaboração do projeto do predio escolar.
A organização do prédio e sua colocação no terreno são tarefas do projeto de arquitetura e de engenharia, que passa por quatro fases principais: a organização do programa de necessidades; o estudo preliminar; o anteprojeto e o projeto executivo. E importante que o prédio escolar esteja sintonizado com a educação, o que faz com que otrabalho de todos os envolvidos flua sem impedimentos.
As quatro principais ordens religiosas que chegaram ao Brasil: os Jesuítas em 1551, os Carmelitas em 1581, os Franciscanos em 1585 e os Beneditinos em 1592, trouxeram religiosos que aqui construíram colégios inspirados na arquitetura europeia. Após a expulsão dos jesuítas, foram criadas as aulas régias, que eram cursos ou disciplinasisolados, em diferentes espaços: na casa do mestre, em conventos ou outros lugares da cidade. Em 1798 é fundado o Seminário de Olinda, o prédio seguia em linhas gerais a arquitetura inaciana, contudo mais aberto. Com a chegada da corte portuguesa, a educação vai se organizando em novas bases. Na República Velha, os prédios escolares passam a adotar uma arquitetura imponente, com localização central nascidades. Com o passas das décadas e as mudanças de foco e de objetivos educacionais, as instalações escolares ganham novos ambientes de trabalho e de estudo, como as salas ambientes, laboratórios e oficinas.

Pratique:
Pesquise em livros ou na internet fotos de prédios escolares no Brasil, do século XVI ao século XX e tente expressar em plantas e palavras sua reação diante das diferentesrealidades. No Brasil Colônia são prédios de colégios religiosos, alguns transformados hoje, em Museus. No século XIX, temos os antigos prédios de Liceus e Ateneus públicos ou privados nas capitais e internatos religiosos, muitos transformados hoje em faculdades privadas. Na primeira década do século XX, focalize as Escolas Normais ou Institutos de Educação. De 1950 em diante, existe grande variedade...