Profissionais do descasamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (666 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Profissionais do descasamento
Publicado em 12.12.2010
Ninguém gosta quando chega a hora de dizer adeus. Somos, por definição, covardes a ponto de criar as piores situações possíveis para conseguirdesmanchar um relacionamento. E por que isso acontece? A reposta só pode ser uma: não somos profissionais, agimos como amadores, movidos pela emoção do momento. Cegos que ficamos por ser parteintegrante do processo, não conseguimos o distanciamento adequado à situação. E o que advém disso? Nossa imagem para sempre maculada, para sempre chamados de “cachorros”, “estrupícios” e “encomendas doinferno”. “Falecidos” é o título mais suave que passamos a merecer. Na verdade, tenham piedade de nós, somos apenas incompetentes.
Meu raciocínio, portanto, é bem simples. O que fazemos quando queremosdar uma festa de grandes proporções, tal qual um casamento? A resposta é: não nos arriscamos na empreitada sozinhos. Contratamos toda uma equipe multidisciplinar para lidar com a complicada logísticaque o evento exige: floristas, músicos, decoradores, bufês, manobristas, boleiras, garçons, cerimonialistas, calígrafos, a equipe da igreja, costureiras, alfaiates... A lista prossegue indefinidamente.Como é que, na situação oposta, aquela que exigiria ainda mais tato, um descasamento, simplesmente decidimos que podemos lidar com tudo sem qualquer ajuda? A resposta é: não podemos, desastre total eiminente.
Eu localizaria a minha suposta agência “acaba-matrimônio” num bairro tranquilo e arborizado, podia ser a Jaqueira, podia ser Setúbal, ou ambos, para contemplar Zona Norte e Zona Sul. Depreferência, numa ruazinha discreta para que o cliente pudesse entrar e sair sem ser notado por curiosos. Premeditar um rompimento é algo tão escuso quanto uma ida ao motel sem a participação dacontrapartida “oficial”, portanto, toda discrição é pouca.
Corrigir as falhas primárias é a primeira tarefa. Por exemplo, não há nada mais traumático do que ver alguém empacotando anos e anos de...
tracking img