Proeja

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3696 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LIMITES E POSSIBILIDADES PARA A EDUCAÇÃO DE JOVENS
E ADULTOS NO BRASIL: UM ESTUDO DE CASO[1]


Neuza Alves[2]
Roberta Thomazoni[3]
Sidnéia Valero[4]
Suelita Matsumi Rodrigues[5]

RESUMO

Este trabalho tem o objetivo de apresentar os resultados da pesquisa realizada com os educandos da Educação Profissional integrada à Educação de Jovens e Adultos - PROEJA do Colégio EstadualMarechal Rondon, município de Campo Mourão-Paraná, buscando descrever as possibilidades e limites na Educação de Jovens e Adultos. Neste sentido, o procedimento metodológico consistiu num questionário aos educandos do curso Técnico em Segurança do Trabalho, para verificar se o plano do curso está atendendo as necessidades e a formação do trabalhador. Diante disso, uma rápida reflexão em torno dasrespostas dada pelos alunos PROEJA será realizada a fim de discutir os principais fundamentos da proposta do curso.


Palavras-chave: Educação Profissional de Jovens e Adultos, limites, possibilidades, formação do trabalhador.

1. INTRODUÇÃO

O referencial deste artigo será a análise dos resultados obtidos na pesquisa com alunos da Educação Profissional Integrada à Educação de Jovens eAdultos do Plano do Curso Técnico em Segurança do Trabalho, desenvolvida com três alunos do quarto semestre. Diante da analise da pesquisa será discutida a relação entre os fundamentos da proposta de integração da Educação Profissional à Educação de Jovens e Adultos – PROEJA e o Plano do Curso de Segurança do Trabalho. O curso, ofertado está em consonância com o Programa Nacional de Integração daEducação Profissional com a Educação Básica, na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA), regulamentado pelo Decreto 5.840 de 2006.
A educação brasileira tem sido inovadora nos últimos tempos. Com a construção de novos cursos a demanda pelo sistema do trabalho fez com que surgisse uma nova modalidade de ensino: o PROEJA, olhando a partir de uma educação inovadora e desafiadora,pois isto, nada mais é que uma melhoria na formação humana.
A construção da educação PROEJA, visa uma sociedade mais igualitária e fixa-se nas modalidades de ensino já existentes, traçando uma meta para uma formação, onde haja trabalho e políticas de integração social.
O ensino para profissionais de uma educação de jovens e adultos prioriza uma qualidade tanto profissional quantointegral seguida de atributos como sendo um ensino publico e gratuito. Esta modalidade busca tanto jovens egressos no ensino básico fundamental em idade ideal ou regular, ou também, para jovens que não puderam estar à escola em sua faixa etária ideal por motivos socioeconômicos, sendo este publico o mais visado, pois estes alunos são entre muitos, os que trocaram o estudo pela sobrevivência. (MOURA;PAIVA; SANTOS, 2010)

2. REVISÃO DE LITERATURA

2.1 BREVE HISTÓRICO DO PROEJA.

Na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9.394/96, constam no Título V, Capítulo II, Seção V, dois Artigos relacionados, especificamente, à Educação de Jovens e Adultos.
Art. 37 - A educação de jovens e adultos será destinada àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos noensino fundamental e médio na idade própria.
§ 1º Os sistemas de ensino assegurarão gratuitamente aos jovens e aos adultos, que não puderam efetuar os estudos na idade regular, oportunidades educacionais apropriadas, consideradas as características do alunado, seus interesses, condições de vida e trabalho, mediante cursos e exames.
§ 2º O Poder Público viabilizará e estimulará o acesso e apermanência do trabalhador na escola, mediante ações integradas e complementares entre si.
Sendo assim um avanço para a implementação do PROEJA como política pública, e não mais como programa, originando ai o Programa de Integração Profissional Técnica de Nível Médio ao Ensino Médio na Modalidade Educação de Jovens e Adultos (PROEJA), originário do Decreto nº. 5.478, de 24/06/2005, que revela a...
tracking img