Produtividade e desenvolvimento da cultura do girassol sob diferentes níveis de adubação de n-p-k.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4447 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 Produtividade e desenvolvimento da cultura do girassol sob diferentes níveis de adubação de N-P-K. Herbert Silva Cardoso(¹), Fernando Antônio Rebouças Sampaio(²) Resumo - O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes níveis de adubação de N-P-K na obtenção de uma lavoura de Girassol. Os tratamentos foram as doses de 00 – 00 – 00; 40– 80 – 40; 20 – 40 – 20; 80 – 160 – 80 kg x ha-1de N, P2O5 e K2O respectivamente, utilizados na forma de Uréia, Super Fosfato Simples e Cloreto de Potássio. O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados, constituído de 04 tratamentos e 05 repetições. Foram analisadas para cada repetição as variáveis: Stand final, onde foram contadas todas as plantas, Altura final, medindo-se a altura de 25 plantas, Produtividade, pesando-se todas assementes e Densidade dos grãos, realizada pesando-se 1.000 sementes. O nível de adubação recomendado respondeu em aumento de produtividade de 2,23% em relação ao nível de adubação alto e em 31,1% em relação ao tratamento testemunha. Para stand final, o nível de adubação recomendado proporcionou as melhores médias e para as outras variáveis o mesmo não obteve diferença significativa dos outrostratamentos. Isso permite dizer que o nível recomendado de adubação promove a máxima produtividade, obtendo um número satisfatório de plantas por hectare, com altura e peso de sementes ideais na cultura do girassol. Termos para indexação: Helianthus annuus L., fertilidade, produção. Productivity development and the cultivation of sunflower seeds under different levels of NPK fertilizer.

Abstract -The objective of this study was to evaluate the effect of different levels of NPK fertilizer, in obtaining a crop of Sunflower. The treatments were the doses of 00 00 – 00; 40 - 80 - 40; 20 - 40 - 20; 80 - 160 - 80 kg x ha-1 of N, P2O5 and K2O respectively, used as Urea, Super Phosphate Simple and Potassium chloride. The design was used in randomized blocks, consisting of 04 treatments and 05repetitions. Were analyzed for each repetition the variables: Stand end, where they were counted all the plants, final height, measuring up to height of 25 plants, Productivity, weighing up all the seeds and density of the grains held up weighing 1.000 seeds. The level of fertilization recommended responded by increasing productivity of 2.23% on the high level of fertilization and 31.1% compared totreatment witness. To stand end, the level of fertilization recommended and provided the best medium for other variables did not achieve the same significant difference from other treatments. This allows say that the recommended level of fertilization promotes maximum productivity, getting a satisfactory number of plants per hectare, with height and weight of seed in the culture of girassol. Indexterms: Helianthus annuus L., fertility, production. ___________________________
Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA), Av. Universitária, 762, CEP: 78.961970, Ji-Paraná – RO. E-mail: beto.agrono@hotmail.com (2) Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA), Av. Universitária, 762, CEP: 78.961970, Ji-Paraná – RO. E-mail: reboucassampaio@hotmail.com
(1)

2Introdução Os desafios que o girassol enfrenta no Brasil são basicamente três: primeiro, oferecer aos produtores uma cultura alternativa que, em caráter complementar, possibilite uma segunda colheita, sobre a mesma área e no mesmo ano agrícola; segundo, oferecer mais uma matéria-prima oleaginosa às indústrias de processamento de outros grãos, reduzindo sua ociosidade; e finalmente, oferecer ao mercado umóleo comestível de alto valor nutritivo. Junta-se a esses desafios a alternativa atual da produção de energia, já que o óleo de girassol pode ser utilizado como matéria-prima para a produção de biocombustíveis (Pelegrini, 1985). Segundo Fagundes (2007), em áreas experimentais, a produtividade média oscila entre 2.500 e 3.000 Kg x ha -1. Em lavouras tecnicamente bem conduzidas, os rendimentos...
tracking img