Procura dos factores produtivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6554 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Os factores produtivos são usados direitamente pelas pessoas são pbtidos, na sua mioria, pela actividade produtiva.
Cenericamente podemos definir distribuição como um conjunto de operções que permite deslocaçar os produtos desde a sua fabricação até a fase final para o consumidor.
Produção é actividade económica que permite obter bens e serviços, mediante uma combinação, tão eficientequqnto possivel, de factores produtivos.
Consumo: é o acto económico atravez do qual que as pessoas utilizam bens de serviços com vista a satisfação das suas necessidades.
O objectivo do nossso trabalho é de compriender os processos implementados na produção, distribuição e consumo pelas empresas.
Escolhemos produção, distribuição e consumo com o objectivo de aprofundar como funcionam os factoresprdutivos com vista a proporcionar serviços de qualidade as populações.
Problemática
Será que a produção, distribuição e consumo são indispensáveis a população?

Hipóteses:
H 1- Para que haja consumo e necessário que as empresas produzam e distribuam.

H 2- A população precisa adquirir os bens produzidos pelas empresas para satisfazer as necessidades.

H 3-A distribuição, a produção econsumo dos bens estão intimamente interligados.


Desenvolvimento
Capitulo I- Produção e Consumo

ACUMULAÇÃO DE CAPITAL
A acumulação primitiva do capital é um processo histórico que precedeu a formação da produção capitalista, retirou os meios de produção das mãos dos produtores e converteu-os gradualmente em trabalhadores assalariados. Este fenómeno foi acompanhado da ruína de grande parte dosprodutores directos, sobretudo agricultores, e da sua transformação em indivíduos despojados dos seus bens, juridicamente livres, mas carentes de meios de subsistência e, consequentemente, forçados a vender a sua força de trabalho.
A acumulação primária caracterizou-se também, não simplesmente pela transferência de propriedade duma classe antiga para uma nova, mas pela transferência do patrimóniodos pequenos proprietários para a burguesia em ascensão. As dificuldades económicas, em diversos períodos, de senhorios colocados na posição de vendedores em épocas de crise e arrastados à hipoteca e à dívida facilitaram a compra da terra em condições favoráveis pela burguesia. A queda dos valores da terra foi seguida por um período de crise na actividade agrícola dos proprietários senhoriais. Apropriedade mudou de mãos em escala considerável e a burguesia adquiriu novas formas de riqueza. A maior parte dos investimentos em propriedades, pelos mercadores e corretores, tornou-se especulativa. Os mesmos terrenos eram vendidos posteriormente em parcelas. Os primeiros donos da terra urbana vendiam-na ou arrendavam-na por montantes elevados, constituindo assim uma provável fonte de acumulação decapital nos séculos XIII e XIV.
Em síntese, com o processo de acumulação primitiva criaram-se as condições necessárias ao nascimento do capitalismo, através da expropriação das terras e dos meios de produção dos camponeses e dos artesãos, transformados num proletariado que dispõe apenas da sua força de trabalho, e através da expansão de uma classe burguesa que concentra em suas mãos a propriedadedos meios de produção.
O processo de formação inicial do modo de produção capitalista foi caracterizado por uma forte acumulação de capital sob as suas formas produtiva, comercial e financeira. São diversos os modos pelos quais uma classe pode aumentar a sua posse de riqueza durável, numa fase de acumulação. O método de poupança de renda tem sido encarado como uma forma de acumulação, a pardoutros, tais como: alugueis urbanos aumentados; inflação de lucros devido a mudanças monetárias; abertura de alguns canais comerciais; aquisição de um tipo determinado de propriedade quando se torna excepcionalmente barata e realizá-la mais tarde quando o valor do mercado estiver mais alto.
Numa segunda fase de acumulação, como processo de realização, os objectos de acumulação inicial eram...
tracking img