Processos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4740 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Processos 

Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais
 
Semestre:

Disciplinas:



Teorias da Administração e de Recursos Humanos

Processos Administrativos – Prof. Dirceu Casa Grande;
Comportamento Organizacional; - Profª Elisete Zanpronio de Oliveira
Gestão de Pessoas – Profª Monica Maria
Introdução a Economia – Prof. Wilson Salvalagio

Produção TextualInterdisciplinar Individual

Objetivo: Aprimorar o conhecimento aprendido nas disciplinas do primeiro semestre
de Tecnologia em Processo Gerenciais, aplicando o conhecimento à prática por
meio da resolução de um estudo de caso.

Orientações:


O trabalho será realizado individualmente;



A proposta do trabalho é que partindo do estudo de caso “Restaurante Fellini”
você responda aos DESAFIOSpropostos na atividade.



É importante que você leia os materiais disponíveis das disciplinas do
semestre;



O trabalho deverá conter capa, folha de rosto, solução do caso e conclusão;



O trabalho deve ser realizado de acordo com as normas da ABNT; acesse a
Biblioteca Digital, clique em “Padronização” e escolha as opções “Trabalhos
acadêmicos – Apresentação” e “Modelo paraelaboração de Trabalho
Acadêmico”.



O trabalho deve ser postado no portfólio, na pasta específica até 07/05/2012.



Será considerada sua habilidade de escrita através da coesão, coerência,
objetividade e clareza nas informações redigidas;



Lembre-se que seu tutor eletrônico esta à disposição na sala do tutor, para
orientações.

 

Curso Superior de Tecnologia em ProcessosGerenciais
 

CASE RESTAURANTE FELLINI

O Restaurante Fellini, fundado na cidade do Rio de Janeiro em maio de 1993, é um
sobrado de esquina situado numa rua tranqüila do Leblon, na Zona Sul do Rio de
Janeiro. Trata-se de bufê com cobrança a peso com uma proposta gastronômica e um
atendimento diferenciado, em que os donos participam diariamente das operações.
Formam uma base bem ecléticade clientes principalmente pelo sistema de cobrança,
que pela sua excelente relação custo-benefício atrai moradores, trabalhadores de
empresas próximas e turistas. Destaque para o grande número de pessoas da terceira
idade que busca o restaurante. E atrai tanta gente que são comuns filas na porta. O
que é que torna o Fellini especial a ponto de lotar os seus 150 lugares no almoço e no
jantar,chegando a atender 800 pessoas por dia? “O segredo é nunca cair na
mesmice”, resume o proprietário, Nelson Laskowsky. “Estamos o tempo todo
experimentando novos pratos. Nosso bufê tem desde uma simples salada até iguarias
finas, como lagosta, caviar ou escargot, não encontradas em cardápios a quilo.
Investindo na gastronomia e na qualidade do serviço, conseguimos agradar e
conquistamos umaclientela fiel”, complementa. O restaurante não chegou por acaso
até onde sonhara seu fundador. “Foi preciso trabalhar muito durante anos, até chegar
aonde eu queria”, revela Nelson, carioca nascido e criado na Zona Sul, de família de
classe média. Ele conta que nos tempos de estudante ganhou uma bolsa para fazer o

 

Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais
 
curso deAdministração na Universidade de Jerusalém. Lá, ficou morando numa
república e foi trabalhar numa pizzaria. “Fui tudo, de lavador de panelas a pizzaiolo e
caixa”. Quando voltou ao Brasil, em 1980, abriu em Madureira, na Zona Norte do Rio
de Janeiro, uma pizzaria no sistema de fast-food (servida em pedaços). Não
deslanchou. “Era o produto certo, no tempo certo, mas no lugar errado; era como
vendergalochas no deserto”, comenta. Decidiu tentar outra coisa, desta vez na Zona
Sul.
Não existe “mico”
A oportunidade surgiu em 1993, quando Nelson descobriu o sobrado do Leblon, antes
ocupado por um restaurante. Estava à venda por um preço ótimo, mas o ponto era
considerado “micado”. Ele não se impressionou. “No começo me dei mal. Não
redecorei a casa nem soube lançar o restaurante na mídia....
tracking img