Processos de transformação

Com todo o processo de transformação na educação brasileira o homem também tem mudado e se educado.
A Industria Cultural tem cada vez mais apelado para conseguir nossaatenção.Cito a televisão por ser de fácil acesso... Novelas, seriados, programas em que nada nos acrescentam, pelo contrário, tira o nosso foco e ainda tem o poder de“deseducar” os alunos de hoje.
A escola e os educadores deem saber orientar os alunos para que os mesmo saibam utilizar esse recurso,que na verdade foi criado para nosacrescentar.
A Industria não investiu somente na tv, mas também nos livro didáticos- pedagógicos que vem cada vez com algo mais moderno para incentivar o consumo.
Umoutro exemplo que é dado, é das agendas em colégios da rede privada, aonde as agendas de personagens são as mais “pedidas”, sendo que se levado em conta a marca ou ailustração contida na capa é desnecessária.
A Industria Cultural também tem imposto ao professor um certo tipo de conteúdo, ou seja, ele é obrigado aseguir um cronogramamecânico aonde ele se sente “preso”, pois n tem a liberdade de ensinar e educar os alunos conforme o seu costume.
Em consequência disso o aluno deixa de absorver o que demelhor o professor teria para oferecer, pois o educar torna-se uma obrigação.
O que é questionado no artigo é o que realmente acontece conosco. Recebemos ordens e nem aomenos nos questionamos o porque.
Os problemas surgem e ao invés de recorrermos a filosofia ficamos nos questionando o porque dos acontecimentos.
É necessárioreconehcer que somos únicos e diferentes um dos outros, e como já nos deixou ADORNO, não devemos modular ou querer mudar as pessoas, afinal, cada um tem a sua personalidade.
tracking img