Processos de auditoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2684 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Processos de auditoria
Dezembro2012

Auditoria - Conceitos
– Auditoria representa o processo sistemático
de obtenção e avaliação de evidências a
respeito de um conjunto de afirmações
sobre ações, eventos de natureza
econômica, para verificar o grau de
correspondência entre tais afirmações e os
critérios pré-estabelecidos, comunicando os
resultados aos interessados.

Auditoria -Conceitos
– Auditoria de sistemas é uma atividade
voltada à avaliação dos procedimentos de
controle e segurança vinculados ao
processamento de informações. Tem como
funções: documentar, avaliar e monitorar
sistemas de controles legais, gerencias de
aplicações e operacionais

Auditoria - Conceitos
– Auditoria de sistemas é o ramo da auditoria
que revisa e avalia os controles internosinformatizados visando:
• Proteger os ativos da organização;
• Manter a integridade e autenticidade dos dados;
• Atingir eficaz e eficientemente os objetivos da empresa.

Auditoria - Objetivos
– Certificar-se quanto:






As informações são corretas e oportunas
Existe um processamento adequado das informações
As informações estão protegidas quando a fraudes
Existe proteção dasinstalações e equipamentos
Existe proteção quanto a situações de emergências
(paralização do processamento, perda de arquivos,
inundações, incêndios, etc.)

Auditoria – Controles Internos
– Controle interno é a função administrativa,
exercida pelo auditor de sistemas, que
valida as demais funções administrativas –
planejamento, execução e controle ou seja
todos os procedimentos internosinstituídos
pela empresa com o objetivo de evitas
falhas, involuntárias ou dolosas.

Auditoria – Controles Internos
– Princípios
• É necessário fixar responsabilidades
• Os registros devem estar separados das operações
• O ciclo completo de uma transação não deve ser
executado por uma única pessoa
• O pessoal envolvido em funções de controle deve ser
cuidadosamente selecionado etreinado
• Sempre que possível deve-se promover o rodízio de
funcionários
• As tarefas devem estar previstas em um manual da
organização

Auditoria – Controles Internos
– Princípios (continuação)
• Os custodiantes de numerários e outros ativos devem
ter seguro fidelidade
• Sempre que praticável devem ser usados registros
automáticos das operações

Auditoria – Controles Internos
–Transações
• São os elementos primordiais dos sistema de controles
internos
• Transação é o intercâmbio de ativos e serviços com
elementos alheios a entidade, e as transferências
internas

Auditoria – Controles Internos
– Transações - Fluxo
• Autorização
– Genéricas
– Específicas

• Execução
• Registro
• Contabilização

Auditoria – Controles Internos
– Erros
• Involuntários
•Intencionais ou fraudes
– Manipulação, falsificação ou alteração de registros ou
documentos
– Desvios de ativos
– Supressão ou omissão de transações
– Registro de transação sem suporte
– Desvio de diretriz

Auditoria – Controles Internos
– Erros
• De Princípio
– Aplicação equivocadas da diretriz

• De Omissão
– Deixar de registrar uma transação

• De Perpetração
– Falta de cuidado,intencional ou não

Auditoria – Ponto de controle
– Ciclo de vida

Auditoria – Ponto de controle
– Fraquezas ou vulnerabilidades









Computadores sem proteção contra vírus
Arquivos de aço sem controle de acesso
Equipamentos em locais públicos
Sistemas sem controle de acesso lógico
Falta de controle de áreas críticas
Problema de manutenção de equipamentos
Problemascom energia elétrica
Ausência de controle interno estruturado e bem
aplicado

Auditoria – Ponto de controle
– Fraquezas ou vulnerabilidades (cont...)
• Ausência de política institucional de segurança
• Inexistência de especialistas em segurança
• Inexistência de regulamentação para acesso às
informações
• Procedimentos ineficientes para análise e conferência
das informações
•...
tracking img