Processos ambientais em uma indústria petroquímica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1767 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Faculdade de Engenharia
Departamento Engenharia Produção
Disciplina Gestão Ambiental

Gestão Ambiental
Processos Ambientais em uma Indústria Petroquímica

Professor: Marlize Canteli

Porto Alegre, 26 de Novembro de 2009

INTRODUÇÃO

Este trabalho apresenta a história da Indústria Petroquímica do Sul,empresa do ramo de rerrefino de óleos lubrificantes, são descritos os impactos gerados pelo óleo mineral usado ao meio ambiente e a importância do rerrefino de óleos lubrificantes.
São apresentadas as etapas do processo industrial do rerrefino de óleos minerais usados no Brasil (processo ácido/argila), acompanhamento da qualidade da produção, controle da geração de resíduos e cálculo derendimento de equipamentos e do processo.

INDÚSTRIA PETROQUÍMICA DO SUL

A Indústria Petroquímica do Sul, fundada em 1961, iniciou suas atividades na Avenida Plínio Brasil Milano, nº 1775 no bairro IAPI em Porto Alegre. A empresa contava com seis empregados e um caminhão de coleta de óleo usado.
A IPS sempre desenvolveu produtos com alta qualidade e é pautada por responsabilidadesócio-ambiental, sendo hoje, uma das maiores indústrias de rerrefino de óleos lubrificantes na América Latina.
No dia 01 de janeiro de 1973 seu controle acionário foi adquirido pelos atuais proprietários.
A empresa possui atualmente, mais de 200 colaboradores, entre diretos e indiretos. Sua sede possui 61.000 m² de área e é localizada no distrito industrial de Alvorada, na Rua Arno daSilva Feijó, n° 2777, conforme figura 1. Sua capacidade total de tancagem é de 6.000 m³ e conta com uma frota de aproximadamente, 70 caminhões que coletam óleos lubrificantes usados no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e sul de São Paulo, conforme figura 2.

[pic]
Figura 1 - Foto aérea da Indústria Petroquímica do Sul
[pic][pic]
Figura 2 - Caminhões da IPS

A refinaria possuilaboratório de Controle de Qualidade, onde todos os óleos coletados e rerrefinados (produto final) são analisados conforme normas e exigências da ANP. A empresa conta com uma equipe qualificada em seu sistema de Pesquisa & Desenvolvimento que, junto ao laboratório de Controle de Qualidade, atua na busca constante na melhoria de processos e qualidade dos produtos. Na figura 3, foto do laboratório daIPS.

[pic]
Figura 3 - foto do laboratório da IPS
A Indústria Petroquímica do Sul processa, mensalmente, 1,6 milhões de litros de óleo, sendo que um mesmo litro de óleo pode ser usado e reciclado inúmeras vezes, economizando divisas para o país e evitando prejuízos à natureza.
A refinaria opera com tecnologia de ponta alemã, importada em 2002. Na figura 4 evaporador importado daAlemanha.

[pic][pic]
Figura 4 - foto da torre do evaporador de película

Sua capacidade de reciclagem é de 25 milhões de litros de óleo usado ao ano. Este óleo usado passa por um processo conhecido por ácido/argila. O óleo acabado é armazenado e vendido a granel ou enviado para formulações da linha ZIRIUM e LOTUS.

1 Linhas LOTUS e ZIRIUM

No final do ano de 2008 aIndústria Petroquímica do Sul lançou as novas linhas de lubrificantes automotivos e industriais com as marcas próprias "Lotus” e "Zirium".
O mix de produtos automotivos e industriais é um dos mais completos do mercado brasileiro.
Todos os produtos são aprovados pela ANP- Agencia Nacional do Petróleo e atendem especificações técnicas internacionais como SAE – Society of Automotive Engineers,API - American Petroleum Institute e ACEA – Association des Constructeurs Européens de Automobile.
Além disso, atendendo ao Programa de Monitoramento de Lubrificantes da ANP, as embalagens e rótulos atendem a todas as exigências de resoluções da FEPAM, CONAMA, ANP e INMETRO. A área de produção de lubrificantes, conta com equipamentos de ponta, entre eles, uma moderna máquina de envase...
tracking img