Processo de refino

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1356 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Processos de Refino para obtenção de combustíveis
Reforma catalítica

Processos de refino para obtenção de combustíveis
• • • • • • • Destilação atmosférica e a vácuo Craqueamento catalítico Reformação catalítica Alquilação catalítica Processos térmicos de conversão Hidrocraqueamento Processos de tratamento de derivados

Processos de refino para produção de lubrificantes
• Produção delubrificantes • Destilação atmosférica e a vácuo • Desalfaltação a propano (resíduo da destilação a vácuo contém corte mais pesados, com lubrificantes de altas viscosidades, resinas e betume asfáltico) • Desaromatização a furfural (retirada de aromáticos do óleo lubrificante para não variar muito a viscosidade com a temperatura) • Desparafinação a Mek-tolueno (remoção de determinados compostosparafínicos com elevados pontos de fluidez – dificuldades de escoamento do óleo lubrificante em baixas temperaturas – solvente usado é o metil-etil-cetona e tolueno) • Hidrotramento de lubrificantes e parafinas (estabilização do petróleo) • Geração de hidrogênio • Recuperação de enxofre

Reforma catalítica
Processo que consiste no rearranjo da estrutura molecular dos hidrocarbonetos contidos emcertas frações de petróleo para valorizar estas frações Pode precisar alcançar um dos dois objetivos: a) Obter um produto de elevado índice de octanagem, próprio para motores de alta taxa de compressão b) Formar um produto rico em hidrocarbonetos aromáticos nobres (benzeno, tolueno e xilenos) e depois será recuperados e fracionados, para obter cada componente com alto grau de pureza A orientação irádepender das frações selecionadas de nafta, da origem do petróleo e do processo anterior que a nafta foi submetida

Reforma catalítica
O processo consiste em passar sobre uma catalisador (platina ou platina associada a outro metal nobre) uma mistura de hidrocarbonetos e hidrogênio na temperatura compreendida entre 470 e 530°C e pressão entre 10-40 kg/cm2 Produz um conjunto complexo de reações eforma um reformado rico em hidrocarbonetos aromáticos e isoparafínicos, como também produtos leves, como GLP, hidrogênio e coque A faixa de destilação da nafta desejada na produção de reformado para gasolina com elevado Índice de octanagem situa-se entre 60 e 200°C Para obtenção de aromáticos, conforme os hidrocarbonetos desejados, tem faixa especial de destilação da nafta: a) Benzeno 65 a 88°C,b) Benzeno-Tolueno 65 a 110°C, c) BenzenoTolueno-Xilenos 65-150°C

Reforma catalítica
A unidade URC é constituída de três seções fundamentais: Seção pré-tratamento Seção de reformação Seção de estabilização Seção de pré-tratamento – finalidade de proteger o catalisador (da seção de reforma) de impurezas presentes na carga (enxofre, nitrogênio, oxigênio, metais e olefinas) O catalisador dopré-tratamento é muito mais barato que o catalisador de reformação – óxido de cobalto e molibdênio em suporte de γ - Al2O3 A carga recebe um reciclo de gás rico em hidrogênio, é aquecida e entra no reator de pré-tratamento numa faixa de temperatura de 260 a 340°C e pressão de 300 a 500 psig

Reforma catalítica
Ocorre as seguintes reações: a) Reações com compostos sulfurados (mercaptans) R-SH + H2 →R-H + H2S b) Reações com compostos nitrogenados R-NH2 + H2 → R-H + NH3 c) Reações com compostos oxigenados R-OH + H2 → R-H + H2O Se devido a craqueamento, a nafta contiver alguma olefina, ela será hidrogenada à parafina d) CnH2n + H2 → CnH2n+2 e) Os metais contidos na carga (As, Pb, Cu, Ni e Fe) ficam retidos na superfície do catalisador

Reforma catalítica
O efluente do reator depré-tratamento é introduzido num tambor separador (pré-aquece a carga e o reciclo de gás rico em H2), onde separa uma fase com gás combustível rico em H2 da fase líquida A fase líquida irá para um “stripper”, que é a torre de remoção do H2S, NH3, H2O, impurezas voláteis, hidrocarbonetos leves e o hidrogênio restante Obtendo a nafta pré-tratada para a seção de reformação Seção de Reformação – a nafta...
tracking img