Processo de enfermagem no tce

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1149 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL – ULBRA TORRES


CURSO DE ENFERMAGEM






CÁTIA DA SILVA RODRIGUES








ESTUDO DE CASO NO TRAUMATISMO CRANIANO ENCEFÁLICO (TCE)











MÓDULO DE PRÁTICA SUPERVISIONADA EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA


























TORRES, JULHO DE 2009.






UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL – ULBRA TORRESCURSO DE ENFERMAGEM






CÁTIA DA SILVA RODRIGUES








ESTUDO DE CASO NO TRAUMATISMO CRANIANO ENCEFÁLICO (TCE)





Trabalho de Módulo de Prática Supervisionada em Urgência e Emergência do curso de Enfermagem da Universidade Luterana do Brasil com a finalidade de realizar um estudo de caso elaborado para a implementação daassistência qualificada ao paciente com Traumatismo Craniano Encefálico (TCE).










Supervisora: Profª. Enfª. Espª.: Andressa Lazzari


















TORRES, JULHO DE 2009.




1 IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE




Paciente L.H.P.P., 20 anos, nascido em 15/11/2007, masculino, negro, solteiro,natural e procedente de Tramandaí, residente a Rua Geraldo Santana, 1483, Bairro São Francisco, acompanhado da mãe. Paciente sofreu um TCE na ultima sexta – feira á noite, a mãe relata que o filho estava alcoolizado e em uma briga ao qual resistiram a brigada militar, ele sofreu uma garrafada com um garrafão de vinho de 5 litros cheio, na região parietal, desmaiou, foi trazido de ambulância para estaunidade de saúde, onde as 2 horas da manhã recebeu medicação conforme o boletim de ocorrência por agressão do dia, que ela trás consigo uma cópia, relata que ele foi liberado, porém no sábado a mãe percebeu que o filho estava com sangramento em boca e nariz, no domingo além do sangramento apresentou sonolência, na ultima noite perdeu muito sangue, voltando a unidade de saúde para reavaliação.Relata ser a primeira vez que o filho tem algo grave, quando criança só teve varicela, nega alergias, alimentação adequada, nega tabagismo, porém relata que o filho bebe muito quando sai, calendário vacinal completo na infância porém ainda não realizou os reforços de antitetânica aos 20 anos, filho único, pai é construtor e a mãe é do lar, não relata nenhum problema de saúde na familia, católico,segundo grau incompleto, abandonou os estudos, não exerce nenhuma atividade de trabalho no momento, mas costuma trabalhar com o pai.

Ao exame do estado mental glasgow 14, apresenta intensa dificuldade na fala, fala arrastada, integridade mental conservada, refere dor na parte da lesão.

Ao exame físico encontra-se eupnêico, afebril, normotenso, acianótico, anictérico, peleescura, fina, íntegra, hidratada, elasticidade e turgor presentes, boa vascularização e perfusão sanguínea, unhas sem alterações, normocefálico com presença de hematoma em região temporal, cabelos limpos, bem curtos, secos, pretos e crespos, cílios presentes, sobrancelhas simétricas, cheias, mucosas oculares lubrificadas, coradas e íntegras, pupilas isocórias, orelhas simétricas, acuidade visual eauditiva preservadas, nariz limpo, seios paranasais sem edema e indolor à palpação, sem desvio de septo, lábios, bochechas, rima bucal, gengiva, glândulas, palato e faringe sem alterações à inspeção, mucosa oral úmida e corada, pescoço sem linfonodos palpáveis e indolor à palpação, tórax simétrico, expansibilidade respiratória simétrica, respiração espontânea, som claro pulmonar, murmúriosvesiculares bilaterais, sem ruídos adventícios, ausculta cardíaca demonstra bulhas normofonéticas em 2 tempos, ritmo cardíaco regular, sem sopros, pulsos rítmicos, cheios e fortes. Abdômen normal, sem massas e herniações. Extremidades desinfiltradas, perfundidas e aquecidas, enchimento capilar adequado, ausência de cianose.

Solicitado Rx dos ossos do crânio, paciente aguardou na sala de...
tracking img