Processamento da cana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4697 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Processamento da cana-de-açúcar

A cana-de-açúcar é a principal matéria-prima para a indústria sucroalcooleira brasileira. A agroindústria da cana envolve etapas, como: produção e abastecimento da indústria com matéria-prima; gerenciamento dos insumos, resíduos, subprodutos e da versatilidade da produção - de açúcar ou álcool; armazenamento e comercialização dos produtos finais. Estas etapasdevem ser executadas com o emprego de técnicas eficientes de gerenciamento.
A colheita, carregamento, transporte, pesagem, pagamento da cana pela qualidade, descarregamento e lavagem (Figura 1) são operações determinantes para um bom desempenho industrial. Estas etapas devem ser realizadas em sincronia com as operações industriais para que não ocorra sobreabastecimento, o que demanda armazenamento,com conseqüente queda na qualidade ou falta de cana para a moagem, ocasionando atrasos na produção.
|[pic] |
|Fig. 1. Lavagem da cana-de-açúcar para retirada de impurezas. |
|Foto: Patrícia Cândida Lopes. |


Na indústria, a cana pode ter dois destinos: produção deaçúcar ou de álcool. Para a produção de açúcar, as etapas industriais são:
• lavagem da cana;
• preparo para moagem ou difusão (Figura 2);
• extração do caldo: moagem ou difusão;
• purificação do caldo: peneiragem e clarificação;
• evaporação do caldo;
• cozimento;
• cristalização da sacarose;
• centrifugação: separação entre cristais e massa cozida;
•secagem e estocagem do açúcar.
|[pic] |
|Fig. 2. Cana desfibrada, pronta para a moagem. |
|Foto: Patrícia Cândida Lopes.  |


Já a produção de álcool envolve as seguintes etapas:
• lavagem da cana;
• preparo para moagem ou difusão;
• extração do caldo: moagem oudifusão;
• tratamento do caldo para produção de álcool;
• fermentação do caldo (Figura 3);
• destilação do vinho;
• retificação;
• desidratação: álcool anidro ou hidratado.
|[pic] |
|Fig. 3. Fermentação do caldo para produção de álcool. |
|Foto: Rogério Haruo Sakai. |Extração

A extração do caldo da cana consiste no processo físico de separação da fibra (bagaço), sendo feito, fundamentalmente, por meio de dois processos: moagem ou difusão.
Na extração por moagem, a separação é feita por pressão mecânica dos rolos da moenda sobre o colchão de cana desfibrada. Na difusão, a separação é feita pela lavagem da sacarose absorvida ao colchão de cana.
Essesprocessos serão detalhados a seguir.
Extração do caldo por moendas
A cana intensamente picada e desfibrada chega às moendas por meio de um alimentador vertical, o Chutt – Donelly. Cada conjunto de rolos de moenda, montados numa estrutura denominada castelo (Figura 1), constitui um terno de moenda. O número de ternos utilizados no processo de moagem varia de quatro a seis, e cada um deles éformado por três cilindros principais, denominados cilindro de entrada, cilindro superior e cilindro de saída.
|[pic] |
|Fig. 1. Vista geral de moendas de cana-de-açúcar. |
|Foto: Raffaella Rossetto. |


Normalmente, as moendas contam com umquarto rolo, denominado rolo de pressão, que melhora a eficiência de alimentação. A carga que atua na camada de bagaço é transmitida por um sistema hidráulico que atua no rolo superior. Com o aumento da capacidade de moagem advindo do preparo da cana, é necessária a instalação do rolo de pressão, cuja finalidade é manter constante o fluxo de alimentação da moenda.
A cana desfibrada chega à...
tracking img