Principios e convenções contábeis

Páginas: 8 (1959 palavras) Publicado: 21 de junho de 2011
FACULDADE xxxxxxxxxxxx

CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I
PRINCÍPIOS E CONVENÇÕES CONTÁBEIS

CARIACICA
2010

CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I
PRINCÍPIOS E CONVENÇÕES CONTÁBEIS

CARIACICA
2010

SUMÁRIO
 INTRODUÇÃO
 CONCEITO- PRINCÍPIOS CONTÁBEIS
1. Principio da Entidade
2. Principio da Continuidade
3. Principio da Oportunidade
4. Principio do Registro pelo Valor Original
5.Principio da Atualização Monetária
6. Principio da Competência
7. Principio da Prudência
 CONCEITO - CONVENÇÕES CONTÁBEIS
2.1 TIPOS DE CONVENÇÕES CONTÁBEIS
2.2 A CONVENÇÃO DA OBJETIVIDADE
2.3 A CONVENÇÃO DA MATERIALIDADE
2.4 A CONVENÇÃO DO CONSERVADORISMO
2.5 A CONVENÇÃO DA CONSISTÊNCIA
2.6 A IMPORTÂNCIA DAS CONVENÇÕES CONTÁBEIS
 CONCLUSÃO
 BIBLIOGRAFIA

INTRODUÇÃO
Acontabilidade é uma ciência de caráter essencialmente prático.
Ao longo dos anos, diversos critérios foram desenvolvidos, diversas opções foram efetuadas, numa tentativa de normalizar e de se chegar a uma melhor forma de controlar o patrimônio de uma entidade.
Assim, os princípios são a exteriorização de critérios aceitos pela maioria dos contadores.

PRINCÍPIOS CONTÁBEIS
Princípios contábeis sãoas premissas básicas acerca dos fenômenos e eventos contemplados pela Contabilidade, premissas que são a cristalização da análise e observação da realidade econômica, social e institucional. O campo de atuação preferencial da Contabilidade é constituído pelas entidades, sejam elas de finalidade lucrativa ou não, e procura captar e evidenciar as variações ocorridas na estrutura patrimonial efinanceira, em face das decisões da administração e também das variáveis exógenas que escapam ao controle e ao poder de decisão da administração. Note-se que, dentre as variáveis que mais têm preocupado os administradores, uma é a inflação, e outra as próprias flutuações de preços atinentes especificamente a cada bem e serviço. No âmbito dessa complexa realidade, o observador analisa as característicasprincipais do sistema e chega a certas conclusões quanto ao seu funcionamento. Tais conclusões, se geralmente aceitas pela classe contábil, tornam-se os princípios ao qual toda a prática contábil e principalmente os processos de auditoria devem ater-se.
1.2 QUANDO UM PRINCÍPIO Ë GERALMENTE ACEITO
São duas as condições básicas a fim de que um princípio supere a fase de tentativa e se transformeem "geralmente aceito" e, portanto, incorporado à doutrina contábil:
1. deve ser considerado praticável e objetivo pelo consenso profissional;
2. deve ser considerado útil.
1) Principio da Entidade
O principio da entidade faz referencia ao patrimônio que sera administrado, estudado, avaliado, constituindo-se em elemento autonomo em relação aos detentores do capital aplicado, nesse mesmopatrimônio e, como se diz com frequencia, o patrimônio dos sócios não se confunde com o da empresa (entidade). É por este motivo que a receita federal solicita aos contribuintes duas declarações de renda: uma da pessoa fisica e outra da pessoa juridica.
2) Principio da Continuidade
Os procedimentos contabeis devem considerar a continuidade dos negócios da entidade, uma vez que esses negócios se renovampor meio de seu ciclo de operações e investimentos.
3) Principio da Oportunidade
A integridade dos registros é de fundamental importãncia para a anlise dos elementos patrimoniais, pois todos os fatos contabeis devem ser registrados, incluindo os das filiais, sucursais e demais dependencias de um a mesma entidade. Este principio tem muito a ver com o da Tempestividade pois implica registrar osfatos contabeis quando eles acontecem.
4) Principio do Registro pelo Valor Original
Este principio reza que os elementos patrimoniais devem ser registrados pelo valor origianados nas transações com os agentes externos a entidade e em moeda corrente do País, não s elevando em conta os valores futuros de entradas ou de saidas. Qualquer variação patrimonial devera ser reconhecida no momento d...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Princípios e convenções contábeis
  • Princípios e convenções contábeis
  • Postulados, Princípios e Convenções Contábeis
  • Princípios e convenções contábeis
  • Princípios, Postulados e Convenções Contábeis.
  • Principios e convencoes contabeis
  • Princípios e Convenções Contábeis
  • Princípios e convenções contábeis

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!