Principio de Le Chatelier

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1022 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
CURSO: ENG. BIOTECNOLÓGICA E QUÍMICA AMBIENTAL
DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL











PRINCÍPIO DE LE CHATELIER








Alunos:




PROFESSOR: JOSÉ ANTÔNIO







GURUPI - 2013
INTRODUÇÃO

O princípio de Le Chatelier foi proposto pela primeira vez em 1888 pelo físico e químico francês Henri Louis Le Chatelier. Esseprincipio é uma consequência da lei da conservação da energia e pode ser descrito as seguinte forma: quando um sistema em equilíbrio é sujeito a uma perturbação (alteração da temperatura, da concentração ou da pressão, entre outros), o equilíbrio desloca-se no sentido que contraria essa alteração, até se estabelecer um novo estado de equilíbrio.
Com base neste princípio, é fácil prever qual o sentidoem que se desloca qualquer equilíbrio, quando o sistema é sujeito a uma perturbação.
São diversos os fatores que podem provocar perturbação no equilíbrio, com evolução num ou noutro sentido.
Verifica-se que a temperatura só tem efeito na posição de equilíbrio das reações endotérmicas ou exotérmicas. A elevação da temperatura desfavorece as reações exotérmicas e favorece as endotérmicas.
Asalterações de pressão ou volume afetam a posição de equilíbrio dos sistemas gasosos, se a reação se der com variação de volume.
Se aumentar a pressão de um sistema em que existem componentes gasosos em equilíbrio, este desloca-se no sentido em que há formação de menor número de moles gasosas.
Um aumento de pressão é equivalente a uma diminuição de volume.
Se aumentar a concentração de umreagente de um sistema em equilíbrio, este evolui no sentido em que contraria esse aumento, isto é, no sentido em que se consome esse reagente, ou seja, no sentido direto.
Uma reação química é composta de duas partes separadas por uma seta, a qual indica o sentido da reação. As espécies químicas denominadas como reagentes ficam à esquerda da seta e, à direita, ficam os produtos, ou resultado da reaçãoquímica.
Reagentes →Produtos
A+ B → C + D
Quando a reação não se completa e os reagentes e produtos mantêm-se em equilíbrio, utilizam-se duas setas em sentidos contrários ou uma seta dupla para separar as duas partes da reação química. O equilíbrio químico é dinâmico, o qual indica que a reação que se processa em um sentido (dos reagentes para os produtos, sentido direto) tem amesma taxa de desenvolvimento que a reação que se processa no sentido inverso (dos produtos para os reagentes)
Reagentes ↔Produtos
A+ B ↔ C + D
A existência de um equilíbrio químico dinâmico significa que a reação química nem sempre caminha para um final; ao invés disto, alguns reagentes e produtos coexistem no sistema. Este equilíbrio dinâmico é um estado em que parece que nada estáocorrendo, porém é um estado no qual reações químicas estão ocorrendo e freqüentemente em velocidades rápidas.
O princípio de Le Chatelier, postulado por Henri Louis Le Chatelier (1850-1936), um químico industrial francês, estabelece que: "Se for imposta uma alteração, de concentrações ou de temperatura, a um sistema químico em equilíbrio, a composição do sistema deslocar-se-á no sentido decontrariar a alteração a que foi sujeito."




































OBLETIVO

Observar a mudança da constante de equilíbrio, através da coloração da substância quando submetida a diferentes temperaturas.





















MATERIAIS E MÉTODOS
Materiais utilizados
Tubo de ensaio
Erlenmeyer
Espátula
Chapa de aquecimentoReagentes utilizados
Tintura de iodo
Amido de milho
Água destilada

Métodos
Colocar uma pequena quantidade de amido de milho em um tubo de ensaio com água destilada e aquecer até a dissolução completa do amido;
Esfriar a solução colocando-a em contato com água fria;
Adicionar uma gota de tintura de iodo dentro do tubo de ensaio até que uma mudança ocorra;
Deixar a solução esfriar;...