Principais defeitos da fundição

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 16 (3968 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ANHANGUERA


Curso de Gestão da Produção Industrial





PRINCIPAIS DEFEITOS NA FUNDIÇÃO











Jundiaí – SP
Abril/2013
OS PRINCIPAIS DEFEITOS DE FUNDIÇÃO
Defeitos devido aos moldes
Pode-se definir defeito em peça fundida ou defeito de fundição como sendo qualquer desvio em relação à qualidade especificada para a peça fundida. Esse termo não abrange,normalmente, a composição química e a qualidade metalúrgica da peça, mas principalmente os aspectos relacionados a:
• sanidade interna da peça fundida ou ausência de descontinuidades como vazios
produzidos por contração ou gás, trincas, inclusões etc.
• precisão dimensional ou geometria da peça fundida.
• estado da superfície ou acabamento superficial.
A qualidade do molde pode ter influênciadireta sobre estes três aspectos da qualidade da peça fundida e, algumas vezes, sobre a sua qualidade metalúrgica. O conhecimento desses mecanismos não tem a finalidade de meramente satisfazer uma curiosidade
científica, mas indica os fatores que determinam o aparecimento dos defeitos e, consequentemente, os meios de saná-los.
O mecanismo de formação de um determinado defeito só pode ser consideradocomo dominado se, aqualquer momento, for possível reproduzir esse defeito não só quanto ao tipo, mas também quanto àintensidade.
Devido à diversidade de peças produzidas em uma fundição, é prudente que a formulação e o processamento da areia de moldagem e dos moldes proporcionem uma certa segurança, de modo que pequenas e inevitáveis variações no processo não ocasionem o aparecimento de defeitos.A definição dessa margem de segurança só será possível se os mecanismos que causam os defeitos forem perfeitamente conhecidos.
Algumas fundições utilizam-se desses conhecimentos para criar certas peças em que algumas das solicitações impostas ao molde são exageradas. Periodicamente, a areia do sistema é usada para moldar uma dessas peças, podendo-se, assim, detectar a tempo, variações tendentesa diminuir a margem de segurança e, eventualmente, causar um surto de defeitos.
Infelizmente, nem todos os defeitos de fundição mais comuns têm seus mecanismos de formação completamente entendidos e, nas considerações que se seguem, algumas das explicações oferecidas não são mais que hipóteses muito prováveis.
Apenas no intuito de facilitar a discussão, sem pretensão de propor uma classificação,os defeitos serão agrupados de acordo com suas características mais gerais:
• movimentações de paredes do molde, sem ruptura,
• movimentações de paredes do molde, com ruptura,
• erosão e
• gases.

Movimentações de paredes do molde, sem ruptura
As paredes de um molde de areia podem movimentar-se durante e principalmente após o vazamento, tanto no sentido de alargar a cavidade do molde, comode diminuí-la. Em qualquer dos casos, os esforços que atuam sobre as paredes do molde são decorrentes de duas causas.
A primeira é a pressão exercida pelo metal líquido, que pode ser estática (também dita pressão metalostática) ou dinâmica.
A pressão estática é diretamente proporcional à profundidade do ponto considerado em relação ao nível superior do líquido metálico. A pressão dinâmica éexercida pelo fluxo de metal em movimento, quando obrigado pelo molde a mudar de direção; trata-se de fenômeno idêntico ao que causa a movimentação de um rotor de turbina hidráulica e o esforço resultante depende da velocidade do fluxo metálico e da mudança de direção sofrida.
Uma outra modalidade de pressão exercida pelo metal sobre as paredes do molde pode ocorrer na solidificação de ferrosfundidos grafíticos com elevado carbono equivalente, que podem expandir-se, ao invés de se contraírem como a maioria das ligas metálicas.
A segunda causa de esforços sobre as paredes do molde é a acumulação de tensões devidas à expansão térmica da areia-base.
As pressões exercidas pelo metal sempre tendem a alargar a cavidade do molde, enquanto que os esforços decorrentes de expansão térmica podem...
tracking img