Princesa Isabel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8424 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
19/5/2014

Isabel do Brasil – Wikipédia, a enciclopédia livre

Isabel do Brasil
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela
Gonzaga de Bragança e Bourbon (Rio de Janeiro, 29 de julho de
1846 — Eu, França, 14 de novembro de 1921), popularmente
conhecida como princesa Isabel, foi a última princesa imperial e
regente do Império doBrasil por três ocasiões, na qualidade de
herdeira de seu pai, o imperador Dom Pedro II, e da imperatriz Dona
Teresa Cristina. Foi a terceira chefe de Estado e chefe de governo
brasileira após sua avó Leopoldina e sua trisavó Maria I.

Princesa Isabel
Princesa Imperial do Brasil
Condessa d'Eu

Foi cognominada a Redentora, pois quando regente do Império
brasileiro assinou a Lei Áurea queaboliu a escravidão no Brasil.
Assim como, inclusivamente, escreveu que defendia a indemnização
de ex-escravos, a reforma agrária e o sufrágio feminino1 .
Após seu casamento com Gastão de Orléans, conde d'Eu (neto do
último rei da França, Luís Filipe I), em 1864, ocorreu uma junção
matrimonial entre a Casa de Bragança e a de Orléans, originando o
nome Orléans e Bragança, que foi passado,exclusivamente, aos
descendentes do casal. Também, por a mesma ter sido a última
herdeira do trono imperial brasileiro, os seus descendentes - os
Orléans e Bragança - seriam os herdeiros da extinta coroa imperial do
Brasil.
A princesa Isabel foi também a primeira senadora do Brasil, cargo a
que tinha direito como herdeira do trono a partir dos 25 anos de idade
conforme a Constituição de 1824,primeira carta constitucional do
Brasil. Com a morte de seu pai, em 1891, tornou-se a chefe da Casa
Imperial e a primeira na linha sucessória, sendo considerada, de jure,
Sua Majestade Imperial, Dona Isabel I, Imperatriz Constitucional
e Defensora Perpétua do Brasil.2 .

Índice
1 Nascimento e infância
2 Educação
3 Casamento
4 Postura política
5 A república e o exílio
6 Posteridade
7Beatificação
8 Homenagem
9 Ascendência
10 Descendência
11 Representações na cultura
12 Referências
13 Bibliografia
14 Ver também
15 Ligações externas
http://pt.wikipedia.org/wiki/Isabel_do_Brasil

Princesa Imperial do Brasil
9 de janeiro de 1850 a
Período
5 de dezembro de 1891
Predecessor D. Pedro Afonso
Sucessor

Nenhum (Proclamação da República)

Cônjuge

Gastão de OrléansDescendência
Luísa Vitória
Pedro de Alcântara
Luís Maria
Antônio Gastão
Nome completo
Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela
Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e
Bourbon
Bragança
Casa
Pai

Pedro II do Brasil

Mãe

Teresa Cristina

Nascimento 29 de julho de 1846
Palácio de São Cristóvão, Rio de
Janeiro, Império do Brasil
14 de novembro de 1921 (75 anos)
Morte
Eu,França
Mausoléu Imperial, Petrópolis
Enterro
Assinatura

1/15

19/5/2014

Isabel do Brasil – Wikipédia, a enciclopédia livre

16 Galeria

Nascimento e infância
Dona Isabel I nasceu no Palácio de São Cristóvão, e foi a primeira filha do
imperador D. Pedro II.
Batizada na Capela Imperial no dia 15 de novembro de 1846 pelo bispo capelãomor conde de Irajá, seu nome foi dado em homenagemà avó materna, a rainha de
Nápoles. Seus padrinhos de batismo foram o rei consorte Fernando II de Portugal e
sua avó materna a rainha Isabel de Nápoles. Com a morte precoce de seu irmão D.
Afonso, Isabel tornou-se a herdeira do imperador. Neste mesmo ano de 1847
nasceria em 13 de julho a sua irmã e companheira de toda a juventude, a princesa
Leopoldina.

Princesas Isabel e Leopoldina.

Em1848 nasceu o seu segundo irmão varão, o príncipe Pedro Afonso, que morreu
dois anos depois. Para herdar o trono restava a princesa de quatro anos de idade,
designada a partir de então como princesa imperial. O reconhecimento oficial como
sucessora e herdeira do pai teve lugar a 10 de agosto de 1850, quando a
Assembleia-Geral, reunida no Paço do Senado às 11 horas da manhã, proclamou-a...
tracking img