Primeiros socorros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4931 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCORROS DE URGÊNCIA


ACIONAMENTO DE SOCORRO (GSE)

O atendimento prestado fora do ambiente hospitalar possui peculiaridades um tanto quanto distintas daquelas que normalmente se visam nas grandes salas de emergências, para o profissional que aborda a vítima ainda no local do evento, o objetivo principal é manter a viabilidade dos órgãos vitais e evitar o agravamento das lesões jáinstaladas (segundo trauma). Em hipótese alguma o profissional de urgência pré-hospitalar pode perder esta referência, pois se este objetivo não estiver bem claro, a condução do atendimento não será eficiente.
Sempre que uma emergência ocorrer a rápida ativação dos Bombeiros é de primordial importância para o correto atendimento ao acidentado. Se puder solicite a alguém para discar de qualquertelefone o número 193 ou faça você mesmo, informando a localização correta do evento não esquecendo o ponto de referência.

Ao telefonar:
1- Ouça cuidadosamente;
2- Fale claro e pausadamente;
Informe precisamente o tipo de socorro que será necessário no local. Lembre-se que o estado em que se encontra a vítima é importante para o acionamento de socorro. Informe se a vítima sofreualgum tipo de trauma ou se é atendimento clínico, e se a mesma alerta, responsiva ou inconsciente.


PROCEDIMENTOS EM CASO DE EMERGÊNCIA


A Avaliação da cena (consiste em verificar a presença de risco iminente de morte para o socorrista)
Caso você seja o indivíduo com maior treinamento assuma a responsabilidade até a chegada de equipe especializada.
Ofereça sua colaboração se uma equipeespecializada já se encontrar no local.
Não tente efetuar procedimentos para os quais não foi treinado.
Avalie a vítima.
Acionar o serviço de emergência (pedir se possível que outra pessoa o faça).
Mantenha-se calma.
Após avaliar o paciente, entre em contato com os BOMBEIROS, informando o seguinte:
➢ Tipo de emergência
➢ Número de vítimas
➢ Nível de consciência das vítimas
➢Endereço correto, com pontos de referência
➢ Melhor acesso ao local.
















SEGURANÇA NA CENA


A principal preocupação do socorrista deve ser sempre a sua própria segurança, em primeiro lugar avalie a cena do sinistro ou da emergência antes de entrar nela. Não se transforme em outra vítima!





PRECAUÇÕES UNIVERSAIS (BIOPROTEÇÃO)


Qualquer doença que possaser transmitida de uma pessoa para outra é chamada de transmissível ou infecciosa. Preocupe-se sempre com a possibilidade de contato com sangue, feridas abertas e secreções até mesmo a pele integra pode transmitir doenças como a sarna e o herpes. A infecção pode ocorrer pelo contato direto (tocar sangue ou secreções), pela mucosa ocular ou pela via respiratória (saliva ou secreções).
Tome asprecauções universais não importando a aparência ou problema do paciente.
Para protegerem-se contra os riscos de infecção alguns procedimentos e equipamentos de proteção são suficientes e entre eles estão à lavagem das mãos, a utilização de luvas de látex impermeáveis, a utilização de óculos de proteção e etc.REANIMAÇÃO CÁRDIO PULMONAR




Os socorristas têm salvado incontáveis vidas utilizando as técnicas de Reanimação Cárdio Pulmonar ou RCP. Os componentes desta técnica incluem avaliação do nível de consciência, ativação rápida do socorro médico com desfibrilador, abertura das vias aéreas, avaliação da respiração, realização de ventilações de resgate (respiração artificial) , ecompressões torácicas.


Definições:


❖ PCR: Parada Cárdio - respiratória
❖ Morte: Cessação irreversível das funções cerebrais e cardíacas
❖ Parada Cardíaca súbita: Interrupção repentina da função do bombeamento cardíaco, que pode ser revertida com tratamento rápido
❖ Morte Súbita: PCR inesperada por causas naturais, geralmente...
tracking img