Primeiros contatos entre nativos e europeus – século xvi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2995 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PRIMEIROS CONTATOS ENTRE NATIVOS E EUROPEUS – SÉCULO XVI
Os marujos de Cabral quando do seu desembarque em Porto Seguro se depararam com homens “pardos nus, sem coisa alguma que lhes cobrissem suas vergonhas” (Pero Vaz de Caminha, Carta a D. Manuel, o Venturoso). Evidentemente não eram negros, indianos também não pareciam ser. Ainda assim, ficou-lhes até hoje o nome de índios. Os primeiros povoscom os quais o português entrou em contato foram os Tupiniquins que pertenciam à família lingüística Tupi-Guarani
Os primeiros colonizadores surpreenderam e provocaram as migrações dos Tupis-guaranis, (povo que apesar de viverem em grande mobilidade espacial eram agricultores), dificultando muito a sua localização precisa. Viviam numa faixa estreita ao longo da costa, de São Paulo até o Pará.Eram recém-chegados à costa de onde haviam expulsado as tribos inimigas para o sertão. Aqueles que viviam na costa eram conhecidos por Tupinambá e se dividiam em grupos locais, ao longo de toda a costa brasileira, com diferentes denominações. Os Tupis-guaranis foi o povo que mais influência exerceu na formação da sociedade brasileira.
As causas de dispersão dos Tupis presenciada e documentada pelosportugueses foram: fuga à escravidão; a necessidade de se locomoverem em busca de novas terras para o cultivo; e por fim, a busca da legendária pela “terra sem males”, ou do “paraíso terrestre”, onde as plantas crescem por si, há fartura para todos, todos são felizes, ninguém sofre e os homens são eternos. No meio desses indivíduos encontrados na América percebe-se que a busca do paraíso e davida eterna esteve presente desde sempre no imaginário dos homens, não importando a raça, a crença, a origem ou o tempo histórico em que viviam.
Os Tupis que viviam no Rio Grande do Norte (ou melhor, no território compreendido entre RN, PA e CE) eram os Portiguar ou Petinguara, que significa “comedores de camarão”, donde vem a denominação de potiguar para todo aquele que nasce no Rio Grande doNorte. Os índios tinham uma sociedade bastante estruturada, até economicamente, tendo em vista o fato de serem horticultores e produzirem excedentes. Esse fato confirma a vida sedentária ou parcialmente sedentária desses povos do primeiro contato.
Os portugueses encontraram em nosso litoral além dos tupis-guaranis outros grupos indígenas que pertenciam à família jê e a alguns outros grupos isolados,denominados pelos tupis de “tapuias”. Quando os europeus chegaram ao Brasil ainda encontraram grupos “tapuias” vivendo espremidos entre os Tupis, resistindo à sua pressão no litoral, antes de serem empurrados em definitivo para o sertão. De acordo com a concepção Tupi, o mundo indígena se dividia entre os de língua e costumes iguais aos seus e os seus contrários que chamavam de tapuias. Essadivisão atravessou décadas e servia para distinguir os índios do litoral e os do sertão. Os portugueses, a exemplo dos tupis se habituaram a chamá-los também pela sua denominação genérica. Representam a nação mais genuinamente brasileira por não existirem nenhum representante falando sua língua, fora de nossas fronteiras. Apesar de possuírem uma vida material mais simples, a sua organização social é bemmais complexa e elaborada que as dos Tupis-guaranis. A imagem de primitividade que os cronistas tinham dos tapuias, talvez tenha sido influenciada pelos orgulhosos tupis, seus inimigos. Expulsos do litoral pelos poderosos tupinambás, a maioria desses povos habitava o interior, tendo por isso menos contato com os portugueses durante o primeiro século da colonização.
A maioria desses povos viviaexclusivamente da caça e da coleta. Sua concepção de utilização direta dos bens e uma cultura material incipiente, que lhes permitia grande mobilidade, faziam com que fossem inaptos para contatos pacíficos com os portugueses. Talvez por isso a escravidão das lavouras tenha sido mais insuportável para eles do que para os tupinambás, já sedentarizados desde o contato. É difícil muitos detalhes...
tracking img