PREVENÇÃO ACIDENTES

CURSO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

PROFESSOR:
ALEXANDRE
MARTINEZ

APOSTILA: PREVENÇÃO DE ACIDENTES

2009

1

1.ACIDENTES: CONCEITO E CLASSIFICAÇÃO
1.1 QUAL A DIFERENÇA ENTRE ACIDENTE E INCIDENTE
Acidente é um evento não programado nem planejado, portanto indesejável, que
resulta em perda de tempo, lesão, doença ou morte do indivíduo ou causa algum dano
a propriedade.
Paramelhor entendermos a diferença entre acidente e incidente, apresentamos a
seguir três situações representativas:
1) Na primeira, um operário estava transportando manualmente uma caixa
contendo certo produto: em dado momento, deixa cair a caixa. Não houve
perda material, ou seja a caixa não se danificou, nem o operário foi
lesionado. Apenas ocorreu perda de tempo neste caso temos somente umincidente.
2) Na segunda, na queda da caixa esta se danificou, porém não ocasionou
lesão no operário, portanto é um exemplo de acidente, pois houve além da
perda de tempo um dano a propriedade, já que ocorreu perda de material.
3) A última situação é quando a queda da caixa provocou a lesão no homem e a
perda do material, neste caso, também temos um acidente, já que além da
perda de tempohouve danos ao operário e a propriedade.
É claro que a vida e saúde humana têm mais valor que as perdas materiais, daí serem
considerados como mais importantes os acidentes com lesão. Por exemplo: se a caixa
ao cair atingir pé da pessoa que a estava carregando, provocando sua queda e
causando - lhe uma lesão, terá um acidente mais grave, porque, além da perda de
material, houve dano físico.1.2 ACIDENTE DE TRABALHO: CONCEITO LEGAL E PREVENCIONISTA
De acordo com o conceito legal acidente do trabalho é todo aquele que ocorrer
pelo exercício do trabalho, a serviço da empresa, provocando lesão corporal,
perturbação funcional ou doença, que cause morte, perda ou redução, permanente ou
temporária, da capacidade para o trabalho.”
Equiparam-se ao acidente de trabalho:
• O acidenteligado ao trabalho que, embora não tenha sido a causa única, haja
contribuído diretamente para a morte do segurado, para a redução ou perda da
sua capacidade para o trabalho, ou produzido lesão que exija atenção médica
para sua recuperação;

2

• O acidente sofrido pelo segurado no local e no horário do trabalho, em
conseqüência de:
a) ato de agressão, sabotagem ou terrorismo praticado porterceiro ou
companheiro de trabalho;
b) ofensa física intencional, inclusive de terceiro, por motivo de disputa
relacionada ao trabalho;
c) ato de imprudência (excesso de confiança), de negligência (falta de
atenção) ou de imperícia (inabilitação) de terceiro ou de companheiro de
trabalho;
d) ato de pessoa privada do uso da razão, por exemplo, o louco; e
e) desabamento, inundação, incêndio eoutros casos fortuitos (quedas de
raios) ou decorrentes de força maior (enchentes);
• Doença proveniente de contaminação acidental do empregado no exercício de
sua atividade:
Exemplo: A AIDS adquirida por profissional de saúde ao manipular
instrumento com sangue ou outro produto derivado contaminado.
• O acidente sofrido pelo segurado, ainda que fora do local e horário de trabalho:
a) naexecução de ordem ou na realização de serviço sob a autoridade da
empresa;
b) na prestação espontânea de qualquer serviço à empresa para lhe evitar
prejuízo ou proporcionar proveito;
c) em viagem a serviço da empresa, inclusive para estudo quando financiada por
esta dentro de seus planos para melhorar capacitação da mão-de-obra,
independentemente do meio de locomoção utilizado, inclusiveveículo de
propriedade do segurado; e
d) no percurso da residência para o local de trabalho ou deste para aquela,
qualquer que seja o meio de locomoção, inclusive veículo de propriedade do
segurado;
e)Nos períodos destinados à refeição ou ao descanso, ou por ocasião da
satisfação de outras necessidades fisiológicas, no local de trabalho ou durante
este, o empregado é considerado no exercício...
tracking img