Prevalência e perfil de susceptibilidade antimicrobiana em cepas de klebsiella pneumoniae produtoras de β-lactamases de espectro estendido (esbl), isoladas de pacientes do hospital universitário/uel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4741 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Prevalência e Perfil de Susceptibilidade antimicrobiana em cepas de Klebsiella pneumoniae produtoras de β-lactamases de espectro estendido (ESBL), isoladas de pacientes do Hospital Universitário/UEL*
Prevalence and Antimicrobial Susceptibility Profile of Klebsiella pneumoniae producing of Extended Spectrum β-lactamases Enzyme, isolated from patient of University Hospital/ UEL
Angelo AugustoChiachia Pasta1; Fernando Henrique Arthico Fração2; Gerusa Luciana Gomes Magalhães3; Regina Mariuza Borsato Quesada4
RESUMO - As infecções hospitalares são as mais freqüentes complicações do tratamento médico nas UTI, enfermarias e ambulatórios. As bactérias da família Enterobacteriaceae especialmente Klebsiella pneumoniae, vêm ganhando importância nos últimos anos devido a maior participação nasinfecções graves e resistência seletiva aos antimicrobianos, principalmente as produtoras de Beta-Lactamases de Espectro Estendido (ESBL). O objetivo deste estudo foi descrever a prevalência, produção e distribuição de ESBL, assim como o perfil de susceptibilidade das cepas de K. pneumoniae isoladas de pacientes do Hospital Universitário de Londrina. O presente estudo mostrou que 465 (40,0%) das1164 amostras de K. pneumoniae foram produtoras de ESBL, no período de Janeiro de 2002 a Dezembro de 2006. Os materiais biológicos com maior número desses isolados foram ponta de cateter (86,8%) e sangue (46,4%), enquanto que a Unidade Masculina apresentou maior prevalência desse patógeno. Observou-se, também, um aumento gradativo na ocorrência de ESBL nos isolados ambulatoriais. Em relação ao perfilde susceptibilidade apresentado pelas cepas de K. pneumoniae estudadas, somente amicacina mostrou menor indicie de resistência, tanto para os isolados ESBL – negativos quanto positivos. PALAVRAS-CHAVE - K. pneumoniae, Antimicrobianos, Resistência. SUMMARY - The nosocomial infections are the most frequent complication of the medical handling in the Intensive Care Unit (ICU), nursering andoutpatient clinics. Bacterials of the familie Enterobacteriaceae, specialy K. Pneumoniae, have become important in the last years due to a great participation in complicated infections and to selected resistence to the antimicrobial, mainly the extendedspectrum-Beta-lactamase (ESBL) producers. The aim of this study was to describe the prevalence, production and distribution of ESBL, as well as thesusceptibility profile of the K. Pneumoniae strains, isolated from clinical samples of patients interned in the Hospital Universitário de Londrina. The present study showed that 465 (40%) of the 1164 positive samples of K.pneumoniae were ESBL productors, in the period of January of 2002 to December of 2006. The samples with most number of isolated ESBL (+) were catheters tip (86,8%) and blood (46,4%).Regarding the profile of resistance, it was observed that the K. Pneumoniae strains isolated were resistant to barely al of the antimicrobial, with exception of the carbapenem imipenem. KEYWORDS - Klebsiela pneumoniae, antimicrobials, resistant

INTRODUÇÃO

B

actérias Gram-negativas da família Enterobacteriaceae representam importante causa de infecções do trato urinário, sepses, abscessosabdominais e pneumonias nosocomiais (PATERSON, 2006). Dentro da família, Klebsiella pneumoniae destaca-se como patógeno oportunista responsável por surtos nosocomiais, sendo geralmente associado à elevada morbi-letalidade (VERNET et al., 1995). Além disso, a espécie tem se tornado um dos maiores problemas de saúde pública nas últimas décadas, dada à emergência de resistência antimicrobiana devido,principalmente, à pressão seletiva proporcionada pelo aumento expressivo na utilização de agentes antimicrobianos em unidades de terapia intensiva (UTI), além de outros setores hospitalares especializados (FONTANA et al., 2002). Não obstante a existência de grande variedade de mecanismos, a produção de beta-lactamases representa o principal fator de resistência das bactérias Gram-negativas aos...
tracking img