Prevalência de parasitoses intestinais em crianças em fase pré-escolar com idades de 3 a 6 anos.

Páginas: 16 (4000 palavras) Publicado: 27 de setembro de 2011
FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL – FACIMED CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA E BIOQUÍMICA

CLOVES JOSÉ SERAPIÃO MARCELO COITINHO NASCIMENTO

PREVALÊNCIA DE PARASITOSES INTESTINAIS EM CRIANÇAS EM FASE PRÉ-ESCOLAR COM IDADES DE 3 A 6 ANOS.

CACOAL 2007

CLOVES JOSÉ SERAPIÃO MARCELO COITINHO NASCIMENTO

PREVALÊNCIA DE PARASITOSES INTESTINAIS EM CRIANÇAS EM FASE PRÉ-ESCOLAR COMIDADES DE 3 A 6 ANOS.

Projeto de Pesquisa, apresentado à Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal – FACIMED, como requisito parcial para obtenção de Título de Bacharel em Farmácia e Bioquímica sob a orientação do Prof. Msc. Rubens Buissa Filho.

CACOAL 2007

1.1 TEMA

Prevalência de parasitoses intestinais em crianças em fase pré-escolar com idades de 3 á 6 anos.

1.1.1 DELIMITAÇÃO DOTEMA

A incidência de parasitas intestinais em crianças de 3 á 6 anos de idade, no período de fevereiro á abril de 2008, residentes no município de Alvorada D’Oeste/RO, no período pré- escolar da Escola Municipal Branca de Neve.

1.2 OBJETIVOS 1.2.1 OBJETIVO GERAL

Identificar na dada população, pelo método de Faust et al. e Hoffmann, Pons & Janer, as endoparasitoses mais incidentes sobreelas, segundo as técnicas descritas por NEVES, 2000.

1.2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Identificar, através de exame coproparasitológico, as parasitoses de maior prevalência sobre o grupo; Despertar para importância da realização de mais de um método para diagnósticos de Exame Parasitológico de Fezes – EPF no Sistema Único de Saúde SUS; Analisar a possibilidade de contaminação na área de recreaçãoescolar; Orientar quanto ao hábito correto de higiene pessoal e alimentar aos familiares.

1.3 PROBLEMATIZAÇÃO Segundo dados da Organização Mundial da Saúde - OMS, as doenças infecciosas e parasitárias continuam a figurar entre as principais causas de morte, sendo responsáveis por 2 a 3 milhões de óbitos por ano, em todo mundo. Grande parte dessas complicações poderia ser evitada se asinvestigações parasitológicas não fossem tão negligenciadas em nosso país. (SANTO et al, 2006). As parasitoses estão presentes em todas as regiões do mundo, porém a mesma destaca sua incidência em países em desenvolvimento, principalmente em sua periferia, e isto justifica devido a insuficiência ou ausência de saneamento básico, rede de esgoto, rede de distribuição de água tratada, educação sanitária einformações sobre higiene pessoal. Pesquisas populacionais sobre parasitos intestinais foram realizadas em diversas regiões do Brasil e mostram freqüências bastante diferentes, de acordo com as condições locais de saneamento e características da amostra analisada.
(SANTO et al, 2006).

Alguns parasitos representam grave problema de saúde pública, sendo, na maioria das vezes, ao lado da má nutrição,os responsáveis por deficiência no aprendizado das crianças e no desenvolvimento físico. (Cimerman & Cimerman, 1999). Em nosso país, o número de indivíduos acometidos por enteroparasitoses é sabidamente elevado, principalmente na população pediátrica (0-5anos) e em idade escolar. Tal fato tem sido fonte de novos estudos, principalmente no campo da saúde, sob o enfoque de grupo de risco. Aimaturidade imunitária deste segmento etário, sua dependência de cuidados alheios, entre outros fatores, torna-o mais suscetível a agravos de qualquer espécie (PUFFER & SERRANO, 1973). Dentro deste contexto, as infecções por parasitos intestinais são de grande importância não só pela morbidade resultante, mas também pela freqüência com que produzem déficits, que podem comprometer o desenvolvimento físicoe cognitivo das crianças (FERREIRA et al, 1997; MACHADO et al, 1999; DIAS & COPELMAN, 2000; PRADO et al, 2001; SILVA & SANTOS, 2001). Desta forma, as doenças

parasitárias são causas e conseqüências do subdesenvolvimento e estão normalmente ligadas ao analfabetismo, subnutrição, alienação da população, corrupção e irresponsabilidade de políticos e empresários (ROBBINS et al, 1996).

1.4...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • prevalencia de parasitoses intestinais em crianças na fase pré escolar com idades de 3 á 6 anos
  • parasitoses intestinais em crianças em fase escolar
  • A prevalência de doenças parasitarias intestinais em crianças em idade escolar
  • Incidência de parasitose em crianças de idade pré- escolar
  • Prevalência de parasitoses intestinais em escolares da comunidade vila rabelo ll em sobradinho df em crianças...
  • fases de criancas na idade de 3 há 4 anos
  • PREVALÊNCIA DE PARASITOSES INTESTINAIS EM CRIANÇAS DO PARQUE INDÍGENA DO XINGU
  • DIAGNÓSTICO DE PARASITOSES EM CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!