Prematuridade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3373 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PREMATURIDADE
O conceito de prematuridade inclui todo recém-nascido (RN) vivo com menos de 37 semanas completas de gestação (<259 dias) contadas a partir do primeiro dia do último período menstrual. A incidência é variável e depende de características populacionais.
O recém-nascido prematuro, também conhecido como pré-termo, é todo aquele que nasce entre a vigésima e a trigésima sétimasemana de gestação (BASEGIO, 2000).

CLASSIFICAÇÃO
Os recém-nascidos podem ser classificados em prematuros moderados, os quais apresentam idade gestacional entre trinta e uma e trinta e seis semanas, ou em prematuros extremos, os quais apresentam idade gestacional entre vinte e quatro e trinta anos.
Considera-se, ainda, prematuro limítrofe o recém-nascido com idade gestacional entre trinta e sete etrinta e oito semanas e peso superior a dois quilos e quinhentas gramas, porém com algum grau de imaturidade funcional, cujas alterações fisiológicas incluem dificuldades na regulação térmica e na sucção (BENZECRY; OLIVEIRA; LEMGRUBER, 2000).

CARACTERÍSTICAS ANÁTOMO-FISIOLÓGICAS DO PREMATURO
O recém-nascido prematuro apresenta características anátomo-fisiológicas que o diferencia de umrecém-nascido a termo.
No peso do recém-nascido prematuro, ocorre uma perda ponderal, nos primeiros dias de vida, proporcionalmente maior, o que implica em um tempo maior para a aquisição do peso inicial. Uma vez alcançado este peso, o seu crescimento ponderal (peso e comprimento) é relativamente maior do que o de um recém-nascido a termo, visto que as suas necessidades nutritivas são bem maiores.
Oprematuro tem uma cabeça relativamente grande, quando comparado a um a termo. O pescoço e os membros são curtos em relação ao tronco. Os olhos são proeminentes e a língua protrusa (REZENDE; MOTENEGRO, 1999).
O tórax é relativamente pequeno em relação ao abdômen. E os ossos e músculos da caixa torácica são debilitados, o que aumenta a dificuldade respiratória.
A pele é enrugada, fina, translúcida ede cor vermelho-escura. Há pouco tecido adiposo subcutâneo. E quanto mais prematura a criança, maior a quantidade de lanugem que recobre o seu corpo.
As unhas dos pés e das mãos são frágeis e não ultrapassam a extremidade digital.
Ocorre a ausência do relevo e a flacidez do pavilhão auricular, assim como ocorre a ausência de estriação plantar.
Quanto mais prematuro for o recém-nascido, maisreduzida estará a sua tonicidade muscular, adotando uma postura proporcionalmente largada. Onde os reflexos de sucção e de deglutição encontram-se enfraquecidos, e a regurgitação e o refluxo são freqüentes, aumentando assim os riscos de aspiração do leite materno.
Nos prematuros do sexo masculino, os testículos ainda não estão na bolsa escrotal, enquanto que nas meninas os grandes lábios nãorecobrem as ninfas.

FATORES DE RISCO
A ignorância, a ausência de estímulo à maternidade responsável e o desconhecimento
da prevenção de uma gravidez indesejada são outros elementos complementares desse grupo de fatores.
Complicações gravídicas que podem culminar com a deflagração de parto prematuro podem ser devidas à dieta inadequada, à anemia, à hipovitaminose e às infecções. Sabemos quenutrição, pré-gravídica e gravídica, inadequadas, levam à prematuridade e ao baixo peso ao nascimento.
Dentre os fatores comportamentais são destaques o fumo e o alcoolismo.
O fumo contém substâncias danosas como o monóxido de carbono, que dificulta a oxigenação teádual fetal, como a nicotina, que reduz o fluxo sangüíneo placentário, tem efeito oxitócico e acidula o sangue do cordão, como oshidrocarbonetos aromáticos, os compostos de alcatrão e o ácido hidrocianídrico. O fumo atua no feto, na placenta e na gestante; provoca menor peso gravídico, menor peso do recém-nascido, abortamento
(o dobro em relação às mães não fumantes), aumento da mortalidade perinatal (de 9%), maior incidência de descolamento prematuro de placenta, placenta prévia, más formações (aumento de 3%) e diminuição da...
tracking img