Preevnção de incêndios no laboratório

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7110 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A PREVENÇÃO CONTRA INCÊNDIOS NO LABORATÓRIO




Resumo
Ao realizarmos este trabalho sobre a prevenção contra incêndios no laboratório, pretendemos aprofundar um pouco mais os conhecimentos dos riscos que podem surgir no laboratório e como actuar eficazmente sobre essa possível ocorrência com os meios disponíveis ao nosso alcance, afim de rapidamente e eficazmente se possível,mas também principalmente aprofundar os conhecimentos sobre o “incêndio” em si não só em laboratórios mas também nos edifícios. Aborda-se a origem, tipos e meios de extinção do fogo. Esperamos que este trabalho possa contribuir como uma mais-valia sobre o que é o fogo e a sua prevenção.

Introdução
A filosofia preventiva, mais do que a mera observância de um conjunto de regras técnicas, eeventualmente previstas na lei, visa a obtenção de níveis elevados de segurança, saúde e bem-estar. A Prevenção integrada de concepção tem por objectivo a consideração de diversos aspectos de Segurança, de Higiene e de Condições de Trabalho, desde a fase inicial da concepção do edifício, do novo equipamento, da nova organização de trabalho, do novo processo, por oposição à prevenção correctiva quevisa a redução ou eliminação do risco detectado só na fase de laboração (eventualmente após já ter provocado danos, acidentes, ou doença profissional). Assim, para atingir tais objectivos, o projectista poderá recorrer também a normas de orientação técnica, nacionais ou internacionais, a códigos de boa prática, a valores limites de exposição, e ainda a guias de fabricantes de equipamentos eprodutos.
Um laboratório é um local de trabalho com potenciais riscos de acidente, dado que se manipulam substâncias com perigosidade considerável, que se indevidamente utilizadas, podem causar danos graves de grandes repercussões. O laboratório deve estar devidamente sinalizado, com mapa geral e plano de emergência interno. A indicação de localização de extintores, chuveiro, balde de areia, saídas,quadro de electricidade, torneiras de segurança (é obrigatória), caixa de primeiros socorros, cobertor antifogo deve ser do conhecimento dos técnicos.
A elaboração deste trabalho cuja temática é “A Prevenção Contra Incêndios no Laboratório” permite a oportunidade privilegiada da aplicação destes princípios, tomando conhecimento dos tipos de incêndios, origem dos incêndios, riscos e meios de combate.-------------------------------------------------
Índice
-------------------------------------------------
Resumo
1. Introdução

2. Química do Incêndio

3. Riscos de Explosão e Causas de Inflamação

4. Prevenção e Protecção contra Incêndios
4.1 Protecção Estrutural e Confinamento do Incêndio
4.2 Luta contra Incêndios e Classes de Fogos
4.3 Listas de Verificação4.4 Contactos úteis de Emergência

5. Plano de Evacuação e Planta de Emergência

6. Regras Básicas de Segurança no Laboratório e Sua Simbologia

7. O Laboratório da U.F.P.

8. Conclusão

9. Referências Bibliográficas
1. -------------------------------------------------
Química do Incêndio

O incêndio é uma reacção de combustão (oxidação-redução) fortementeexotérmica e que se desenvolve, geralmente, de uma forma descontrolada, quer no tempo quer no espaço. Para além da emissão de calor verifica-se, num incêndio, a emissão de fumo e/ou chamas e gases de combustão.
Tradicionalmente, consideram-se três factores como indispensáveis para a eclosão de um fogo:
a) Combustível (substância redutora, que vai arder);
b) Comburente (normalmente o ar, quecontém cerca de 21% de oxigénio em volume);
c) Energia de activação (energia mínima necessária para se iniciar a reacção, que é fornecida pela fonte de inflamação)
Estes três factores constituem o que se costuma designar por triângulo do fogo.



Figura 1 – Triângulo do fogo

As técnicas de extinção do fogo, baseiam-se no conhecimento do triângulo do fogo e consistem na eliminação de...
tracking img